O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 07 de Novembro de 2010

... para ler textos destes:

 

«A chuva cai do céu sobre as incertezas da terra e o vento atravessa de sons as nossas ansiedades. As agitações naturais figuram os desastres humanos e as violências da vida repetem as tempestades da atmosfera».

 

O resto pode ser encontrado no suplemento Actual do semanário Expresso.

 

A prosa, notabilíssima, é de José Manuel dos Santos.

 

Um bálsamo de bem escrever. Todas as semanas.

publicado por Theosfera às 22:52

De Maria da Paz a 8 de Novembro de 2010 às 13:52
Dir-se-ia outro Fernando Pessoa!
Muito obrigada por esta partilha, Rev.mo Senhor Doutor!
Afectuosamente,
Maria da Paz

De Licurgo a 9 de Novembro de 2010 às 04:33
Com todo o respeito, e sem pretender depreciar o valor do autor, este texto, contudo, parece-me apenas a construção de uma amálgama de imagens.
E compará-lo ao insigne Fernando Pessoa, não será um bocado exagerado?



De Maria da Paz a 9 de Novembro de 2010 às 21:11
Ex.mo Senhor:
Há efectivamente exagero. Contudo, pelas imagens e pela associação insólita das palavras, que mutuamente se carregam de novas e expressivas tonalidades de sentido, parece-me que faz lembrar Pessoa.
Bem-haja pelo reparo. Os meus cumprimentos.
Maria da Paz

De Licurgo a 10 de Novembro de 2010 às 16:54
Senhora D. Maria da Paz,
obrigado pela deferência com que aceitou a minha opinião.
Não sou - nem pretendo ser - crítico literário, apenas amante da boa literatura, especialmente dos clássicos que nos ensinam a falar e a escrever com propriedade a bela e rica Língua Portuguesa, com tantas qualidades como Francisco Rodrigues Lobo exaltava.
Os meus respeitosos cumprimentos.


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro