O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 27 de Outubro de 2010

A ideia que paira, até pela referência que fez à falta de jeito para a exposição mediática, é que, por ele, as eleições podiam já ser hoje.

 

Para um presidente em funções, qual a diferença entre o mandato e a campanha?

 

As pessoas olharão sempre para o mandato.

 

Daí a ausência de cartazes e o anúncio de gastos contidos.

 

De uma certa forma, a campanha de Cavaco Silva terminou ontem.

publicado por Theosfera às 10:49

De António a 27 de Outubro de 2010 às 12:10
Cavaco Silva tem "pose" de presidente. E ainda há muita gente que aprecia essa pose. No fundo, um certo ar de autoridade cativa uma enorme multidão de portugueses. Que vai oscilando entre um lado mais bonacheirão, do tipo de Mário Soares, e um estilo, nos antípodas, de Cavaco Silva.Na política portuguesa, dos últimos 30 anos, houve dois políticos de envergadura humana e intelectual: Sá Carneiro e Álvaro Cunhal. Direitos e directos, firmes nas suas convicções, ambos com uma teimosia a fugir para algum fanatismo ideológico. Mas ali havia alma e nobres convicções.De Ramalho Eanes igualmente fiquei com boa impressão. Parece-me ser boa pessoa. Maria de Lourdes Pintassilgo também, mas teve escasso tempo para se afirmar politicamente...


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro