O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 06 de Outubro de 2010

A insatisfação é um eco que se estende desde há anos.

 

Uma revolução foi feita e um regime caiu por causa da insatisfação reinante.

 

Nem os mais apaniguados da monarquia se mobilizaram. À excepção de uns poucos, a indiferença foi, como notou Teixeira de Sousa, o sentimento geral.

 

Cem anos depois, o sentimento é semelhante. A insatisfação permanece.

 

Ninguém pensa pegar em armas. Ainda bem. Mas poucos também vislumbram um horizonte radioso.

 

Suspira-se pelo diferente e insiste-se no mesmo.

 

Fala-se muito da cidadania (uma palavra cara ao vocabulário republicano), mas quando aparece alguém de fora, a primeira reacção é que não tem experiência.

 

É preciso abrir caminhos a outros. É, pelo menos, necessário não tapar os atalhos que restam.

publicado por Theosfera às 10:17

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro