O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 17 de Agosto de 2010

Dizem que em Igreja não se comunica, não se comunica bem.

 

Há quem pense que é uma questão de forma. Penso que é, acima de tudo, uma questão de conteúdo.

 

Antes de nos debruçarmos em técnicas de comunicação, concentremo-nos no essencial da comunicação.

 

Que queremos comunicar? Que pretendemos dizer? Que é que nos motiva, nos mobiliza, nos apaixona?

 

Os grandes evangelizadores da história não frequentaram cursos de publicidade ou de marketing. Numa coisa, porém, eram insuperáveis: em ardor, em convicção. Eram peritos na convicção.

 

Não descuremos, pois, as formas. Mas priorizemos sempre o conteúdo.

publicado por Theosfera às 12:27

De Mª Amélia a 17 de Agosto de 2010 às 15:47
Rvmo Sr. Padre João António!
O essencial para comunicar, em Igreja, isto é, evangelizar lembra-me o grande “Apóstolo dos gentios”e reflectir sobre o grande missionário que ele foi. Homem dotado de grande sabedoria e inteligência.

Com efeito, Paulo era, antes de mais, um missionário: «Ai de mim, se não evangelizar!» (1 Cor 9,16).

Formado na escola de Gamaliel, um dos maiores fariseus da época, Saulo além de judeu, possuía a cidadania romana.

Falava, fluentemente as três línguas mais relevantes da época: grego, hebraico e latim. Um homem conhecedor e cumpridor das Leis.

Todas essas características impressionam-me imenso. De facto, Paulo era um homem preparado e, certamente Deus utilizou-Se dessas características para fazer dele o maior missionário de todos os tempos.

No entanto, o que o tornou eficaz, (digo eu), no seu ministério foi a sua "santidade", a sua experiência com Jesus.

Portanto, tudo o que nós pudermos fazer para aumentar o nosso conhecimento – cursos bíblicos, técnicas de evangelização, Universidade… – é necessário, sim muito importante, e Deus, de certo, os utilizará.

Porém, há uma exigência essencial para ser um comunicador: a "santidade", a experiência com Deus…o testemunho! O que o povo pretende é Deus! Queremos, antes de mais ver Deus no evangelizador.

Tentemos aperfeiçoar os nossos conhecimentos sobre a Sagrada Escritura, estudar livros de santos e encíclicas papais, e empenhemo-nos, ao máximo em assimilar novas técnicas e tantas outras actividades, com a finalidade de nos sentirmos, cada vez mais preparados para anunciar a Boa Nova.

Contudo, nunca esqueçamos que, o essencial para o nosso “ministério” é a nossa intimidade com Jesus, a busca pela santidade: “Conheço as tuas obras. Vê, coloquei diante de ti uma porta aberta, que ninguém pode fechar. Tens pouca força, mas guardaste a minha palavra e não renegaste o meu nome”(Apo 3,8)

Façamos tudo o que for possível, mas nunca percamos de vista, o essencial: a nossa relação com Deus.

Cordialmente, em Cristo!

Mª Amélia




mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9

15

22
24
27
28

30


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro