O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2009

O segredo mais extraordinário e chocante é aquele que se esconde diante dos nossos olhos.

 

Eis uma frase que consta do mais recente livro de Dan Brown, que, hoje mesmo, foi posto à venda em Portugal.

 

O Símbolo perdido parece ser mais uma incursão pelo suspense. Confesso que não sou grande apreciador deste escritor. Mas reconheço que é um brutal fenómeno de vendas.

 

Temos de estar atentos. Até porque o obscuro é o que, cada vez mais, domina o mundo.

publicado por Theosfera às 19:34

De António a 30 de Outubro de 2009 às 20:16
Dificilmente aceitamos que a Verdade vá contra as nossas aquisições dogmáticas e isto e válido para todos.Também não aprecio Dan Brown, embora a Bíblia seja igualmente um estrondoso fenómeno de vendas.Tenho andado a cogitar neste tema: se todos, baptizados ou não,somos filhos de Deus e se Ele nos criou à Sua Imagem e Semelhança, quererá isso dizer que Criador e criaturas são as duas faces da mesma ampla Realidade ? Será que qualquer ser humano que ascenda à Absoluta Santidade se vê então como Deus ? O que deseja um Pai Santo para os seus filhos? Não é o melhor ? E o melhor não será o reconhecimento em cada um de nós da Santidade do Pai ?...

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro