O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 27 de Maio de 2010

Ninguém quer a tristeza. Todos anseiam por factos positivos.

 

Mas o importante é a verdade.

 

Não há que enveredar por eufemismos ou pela propaganda.

 

Porque é que havemos de esconder a verdade só para nos sentirmos bem?

 

Se a verdade é dolorosa, o seu conhecimento é o primeiro e fundamental passo para a sua transformação.

 

O problema das sociedades é que se tende a esconder a realidade até ao limite do impossível. Depois, o choque é maior e a desmotivação bastante mais acentuada.

 

Chamar a alguém pessimista só porque não esconde a verdade é de um primarismo atroz.

 

Do que mais precisamos é da verdade. Ou não?

publicado por Theosfera às 22:29

De António a 28 de Maio de 2010 às 15:29
Precisamos todos, e cada vez mais, de nos aproximarmos da Verdade e não recearmos a realidade crua dos factos, seja ela qual for. A mim, interessa-me sobremaneira a dimensão religiosa da vida, no domínio da Verdade. Penso que o mundo carece urgentemente de espiritualidade. E que anda à deriva por causa da dramática ausência dessa matriz de referência comportamental. Penso mesmo que todos nós devíamos habituar-nos a debater todas as questões religiosas, sem preconceitos. Deus é bem mais importante do que as nossas erradas concepções sobre o Divino. É de humildade que todos precisamos? É, sem dúvida. Mas de uma humildade límpida e não eufemística que possa ser assumida na sua integralidade. Debatendo tudo, mas tudo, sem apriorísticas limitações. Hoje, a meu ver, a linha de prumo de orientação teológica fundamental é o Sentimento Religioso. Foi sempre pela imediação do Sentimento Religioso que, ao longo de toda a História da Humanidade, os homens conheceram Deus. Não foi pela mediação de qualquer livro religioso. Não há nenhum livro religioso que supere a Imediação Divina. Não podemos continuar a chamar Bíblia Sagrada a todos os livros que a compõem, mesmo quando algumas das suas terríficas partes claramente atentam contra a Bondade de Deus. Claro que podemos continuar a ser teimosos e a preferir mantermos as construções dogmáticas, humanamente " infalíveis" à Infalibilidade do Sentimento de Deus. Tem sido por causa desta obsessiva preferência pela dogmática dos livros religiosos que o mundo, no domínio espiritual, está como está: uma catástrofe. Todos os crentes deviam reflectir no vídeo cuja referência transcrevo e perguntarmo-nos humildemente qual a nossa parte de responsabilidade para termos consentido que Deus fosse substituído por um demiurgo tão inclemente e irascível como este:

http://www.youtube.com/watch?v=urlTBBKTO68&playnext_from=TL&videos=Orsrl1t6lws



De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro