O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 14 de Maio de 2010

Foi mesmo há pouco tempo.

 

O Papa Bento XVI passou por Lamego, pela Régua e por Resende.

 

Foi pelos ares, é certo. Mas podemos dizer que o Santo Padre passou por aqui.

publicado por Theosfera às 09:35

De António a 14 de Maio de 2010 às 13:45
Assisti ontem à intervenção do Papa Bento XVI em Fátima, no âmbito da Pastoral Social e, sinceramente, tocou-me. Bento XVI,com o passar dos anos, revela-se mais afável e é de facto uma personalidade que humanamente cativa.Vê-se que tem convicções fortes e firmes e que não cede nas questões de princípio em que acredita. Respeito-o sinceramente, embora tenha, em relação a ele, tantas naturais discordâncias de carácter dogmático e teológico. Desejo o seu Bem. Que conduza a Igreja Católica pelo meu melhor caminho.Penso que o mundo ganharia imenso com um novo concílio, que já outros, incluindo Carreira das Neves, também pedem.Mas não tenho, a esse respeito, ilusões. Com Bento XVI, a convocação dessa magna reunião será impossível. Isso seria o triunfo das teses " relativistas" sobre a visão indefectível de Bento XVI. Mas os caminhos de Deus só Deus sabe quais são.Que Deus abençoe Bento XVI.E que, hoje, na minha querida cidade do Porto, sinta como aqui sopra a Liberdade e a arte de bem receber...

De Maria da Paz a 14 de Maio de 2010 às 14:02
Rev.mo Senhor Doutor:
Penso que a vinda de Sua Santidade o Papa Bento XVI foi uma bênção. Por muitos e bons motivos que não cabem em palavras.
Graças a Deus !
Afectuosamente,
Maria da Paz

De Maria da Paz a 15 de Maio de 2010 às 01:03
«Joseph Ratzinger dizia sempre: quando dás aulas, o melhor momento é aquele em que os estudantes deixam as esferográficas de lado e ficam só a ouvir-te. Enquanto eles continuarem a tomar notas sobre o que dizes, significa que não os cativaste. Mas quando põem de lado as esferográficas e olham para ti enquanto falas, é porque, decerto, lhes tocaste o coração. E Ratzinger queria falar ao coração dos estudantes. O que lhe interessava não era apenas transmitir-lhes conhecimentos. Ratzinger dizia que o que há de importante no Cristianismo não se aprende a não ser que isso passe pelo coração. »
Alfred Läpple




Os primeiros anos de docência de Joseph Ratzinger, segundo as recordações dos seus alunos:
«A sala estava sempre cheia. Os estudantes adoravam-no. Ele tinha uma linguagem bela e simples. A linguagem de um crente.»
Gianni Valente

Pesquisa num "site" francês.
Maria da Paz


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
15





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro