O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 28 de Abril de 2010

Logo no dia em que o ranking da FIFA nos coloca quase no topo do futebol, eis que as agências de rating nos avisam de que estamos quase no fundo.

 

No futebol, no limiar da excelência. No resto, à beira da falência.

 

 

Neste balanço de pesos e contrapesos, as sensações são díspares. Mas não vai ser o futebol a dar-nos pão.

 

Há que unir forças.

 

Louvo, pois, a conjugação de esforços entre a oposição e o governo. Todos não somos demais para inverter o ciclo.

 

Custou-me foi ouvir que as prestações sociais poderão vir a sofrer uma redução. Ou seja, os pobres vão ser os mais prejudicados. Isto dói.

 

Do que menos precisamos é de apurar, à guisa de uma catarse, de quem é a culpa.

 

Do que necessitamos é de ver a quem pertence a maior energia para seguir em frente.

 

Volto a Vergílio Ferreira: «Quando a situação é mais dura, a esperança tem de ser mais forte».

 

Havemos de conseguir!

 

publicado por Theosfera às 16:16

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro