O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

Se, como dizem muitos, a realidade é o que está na comunicação, então teremos de concluir que nem a Igreja nos oferece uma janela de esperança.

 

A cada dia, vão caindo nas redacções notícias de mais um caso. Ora um padre, ora um bispo. É um sufoco que nos faz sentir mal.

 

Um caso que seja recebe uma amplitude tal que afecta toda uma instituição.

 

Mas também quando nos dói o estômago, é só um órgão do nosso corpo. No entanto, ninguém diz que o estômago está doente. Diz, simplesmente, que está doente.

 

Mas, apesar de tudo, há muita esperança a fluir na Igreja.

 

Há Cristo. Há o Evangelho. Há o amor. Há o povo humilde.

 

Cristo conseguiu mudar um coração empedernido como o de Paulo.

 

Nada é impossível.

 

E, quando tudo está escuro, há sempre uma luz que acaba por brilhar.

 

Vamos assumir a escuridão. Vamos à procura da luz.

 

Sejamos humildes. E não percamos a esperança.

 

Ela, hoje como sempre, é a semente da mudança.

publicado por Theosfera às 16:43

De António a 23 de Abril de 2010 às 17:26
Não é por haver algumas maçãs podres num pomar que todo o pomar está putrefacto. Deus permite o Mal. Doutra forma não se entenderia que esse Mal também se tivesse imiscuído no seio da própria Igreja Católica. Foi assim desde sempre. Santos ao lado de pecadores. E alguns destes bem pérfidos. Na minha opinião, o escândalo que se abateu sobre a ICAR não está a ser correctamente gerido. Ressalvados alguns casos, em que a Humildade não é uma palavra vã. Enalteço as palavras muito justas e humildes de D. José Policarpo, a propósito deste escandaloso terramoto. Mas há casos deploráveis de altas figuras da Igreja, que, não só são profundamente injustas, como revelam uma total ausência da realidade humana e só contribuem para afundar ainda mais a ICAR neste pântano lodoso em que submergiu. Quando li as recentes declarações do Cardeal Angel Soldano, referindo que este alastrado escândalo nada mais era do que " mexericos", e nem sequer teceu uma única palavra a favor das vítimas do escândalo, pensei: " neste preciso momento, a debandada de crentes da ICAR mais se acentua e, por este andar, caminha efectivamente para se reduzir a uma seita, tal como avisadamente profetizou Hans Kung". Em todas as instituições, os seus chefes devem assumir os respectivos erros, mesmo que não tenham responsabilidades directas nos mesmos. E este comportamento, por maioria de razão, devia ser inequivocamente assumido pela Igreja Católica, que tanto apregoa, e bem, critérios éticos de Verdade e Humildade. Os grandes líderes são aqueles que têm a nobreza de reconhecer os seus erros. A História vai julgar Bento XVI quanto à eventual responsabilidade institucional que possa ter tido neste escândalo. E condená-lo-á ou absolverá. A Verdade, essa, não depende de gostarmos ou não dela…



mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro