O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 23 de Abril de 2010

É preciso ter paciência na construção da unidade. A unidade nunca pode ser contra ninguém, muito menos contra a verdade.

 

Daí que, volto a Christian Duquoc, «a divisão não seja, necessariamente, um processo negativo».

 

Acresce que as divisões não são um desejo, são uma realidade inevitável. Elas podem fazer parte de um caminho, obrigatoriamente doloroso, rumo à unidade na verdade.

 

O espírito de grupo é certamente saudável. Mas será correcto que se sobreponha ao espírito da verdade?

 

Não se pode sacrificar nunca a prioridade da verdade. Esta tem de ser urgida a todo o custo.

 

Em Igreja, trabalhamos para muitos. Mas em nome de Um. O consenso não é critério de verdade. Critério de verdade é o Único. É Ele. É Cristo.

publicado por Theosfera às 11:06

De António a 23 de Abril de 2010 às 12:28
Deus é a Verdade. Mas a forma de O entendermos difere. Quando, cada um e nós, tem íntima convicção acerca de Deus, julgamos naturalmente que estamos mais próximos da Verdade. E até pensamos que os outros estão mais longe. É natural que assim seja. De outra forma estaríamos a ser falsos e a trair as nossas consciências. Por isso, o consenso nunca será critério da Verdade. E poderemos sempre estar equivocados. Porque só Deus é que não se engana. Nós, sim, enganamo-nos muitas vezes ao longo da história teológica. Sobretudo quando fizemos Deus à imagem da nossa mediocridade, da nossa mesquinhez e da nossa intolerância. Curiosamente, aqueles que mais perseguiram outros, arvorando-se exclusivos e absolutistas detentores da Verdade, foram os que mais colocaram Deus no poço fundo em que ainda se encontra. A vida tem destas enormes ironias. Tudo, não em nome do consenso nem do respeito pelas diversas interpretações da Verdade. Mas da única Verdade que alguns admitem. Não a Deus. Mas a deles...


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro