O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 26 de Outubro de 2009

Bento XVI defendeu que a leitura da Bíblia exige «a compreensão de cada texto individual a partir do conjunto».

 

O Santo Padre falava diante de 400 docentes, estudantes e funcionários do Instituto Bíblico Pontifício, por ocasião dos 100 anos da sua fundação.

 

Depois de sublinhar o aumento do interesse pela Bíblia no decorrer deste século, Bento XVI afirmou que, «graças ao Concílio Vaticano II, em especial à Constituição dogmática Dei Verbum, compreendeu-se ainda mais a importância da Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja».

 

Esse mesmo documento, disse ainda, frisou a «legitimidade e necessidade do método histórico-crítico, resumindo-o em três elementos essenciais: atenção aos géneros literários: estudo do contexto histórico; exame do que se costuma chamar Sitz im Leben».

 

Para Bento XVI, «o pressuposto fundamental sobre o qual repousa a compreensão teológica da Bíblia é a unidade da Escritura».

 

O Sumo Pontífice deixou votos de que «a Sagrada Escritura se torne neste mundo secularizado não somente a alma da teologia, mas também a fonte da espiritualidade e do vigor da fé de todos os fiéis em Cristo».

 

«É à Igreja que é confiado o ofício de interpretar autenticamente a palavra de Deus escrita e transmitida, exercitando a sua autoridade em nome de Jesus Cristo», acrescentou.

publicado por Theosfera às 19:19

De António a 27 de Outubro de 2009 às 18:08
A Palavra de Deus pode ser desde logo sentida em cada coração. Ele não carece de intermediários para Se manifestar como entender nem a Igreja Católica, a meu ver, com todo o respeito, se pode arvorar essa exclusiva prerrogativa. A Humildade deve passar por todos e os líderes devem dar o exemplo. Entendo a posição de Bento XVI, embora dela discorde. A minha discordância assenta em tudo aquilo que faz parte integrante da História da Igreja Católica. As Cruzadas, as Guerras Religiosas, o Genocídio dos Cátaros, as fogueiras da Inquisição. Foi com base no postulado que consta na parte final deste texto que esses horrores também foram praticados. Em nome de Deus e abusando da suposta prerrogativa de interpretação autêntica que Bento XVI evoca. Quando se fizer a história de todos os papas da Igreja Católica, ver-se-á que não foi apenas o corrupto e devasso Papa Alexandre VI, mais conhecido por Rodrigo Bórgia, que não poderia ter sido escolhido pela acção directa do Espírito Santo. Por outro lado,a leitura da Bíblia é o conjunto dos livros que a compõem. E o Sagrado só está onde esses textos estiverem em consonância com o Espírito de Deus. Não é aceitável continuar a misturar, na mesma amálgama, textos que revelam esse Espírito e outros que o contradizem frontalmente. Repito: a Humildade deve vir do topo da hierarquia da Igreja Católica. E ,para se ver que o falso Deus, que emerge de tantos textos do Antigo Testamento, é totalmente incompatível com o Deus Verdadeiro,basta citar um episódio:o da mulher adúltera. Pelo impiedoso demiurgo do Antigo Testamento, em que assentou a Lei de Moisés, ela teria sido apedrejada até à morte. Cristo salvou-a.Não descreditemos ainda mais o Catolicismo.O mundo precisa de uma Igreja Católica conceptualmente aprimorada.E não é no terreno pantanoso da ambiguidade que lá conseguiremos chegar...


mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro