O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

Como minister sanctitatis («ministro da santidade») por excelência, não se espera de um pastor da Igreja que diga muito ou que faça bastante.

 

Aliás, ele dirá muito e fará bastante se conseguir posicionar-se como um homem do essencial, do prioritário e do definitivo.

 

Que traga luz e sinalize a salvação (cf. Is 49, 6), que seja evento do permanente advento do Verbo e que aceite ser o rosto de uma Igreja inequivocamente testemunhal. Que, na esteira de João Baptista, nos ajude a tomar consciência da presença d'Aquele que vence o pecado (cf. Jo 1, 29) e faz brilhar sobre nós a luz do Espírito Santo (cf. Jo 1, 32).

 

 

Estará, deste modo, em condições de participar no processo de uma alterglobalização que desencadeie no mundo uma aurora de esperança, lançando nos corações uma conflagração da bondade e uma imensa explosão de paz!

publicado por Theosfera às 09:51

De António a 16 de Abril de 2010 às 18:29
O Bem e o Mal habitam em quase todos nós. Há excepções, muito raras, de pessoas que são santas por natureza e que não conhecem o Mal. O Mal mistura-se indiferenciadamente por todo o lado. Até nas diversas igrejas. Nenhum de nós pode isoladamente mudar o mundo. Mas podemos perseverar na senda do Bem. Os tempos estão assaz difíceis. Torna-se problemático encontrar muitos referenciais éticos. Até parece que todos os demónios que estavam no suposto inferno voltaram à Terra. Alguns desses perversos encontravam-se acobertados onde mais difícil seria encontrá-los. São inteligentes. Usam a autoridade do nome do Bem para praticarem o Mal. Cristo tinha-nos avisado. Aliás, Ele próprio sofreu o Mal praticado por alguns que, supostamente, se arrogaram exclusivos titulares do direito divino de julgamento. Não é irónico que os tempos se repitam bem próximo da contextualização da vida de Cristo?


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro