O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 13 de Abril de 2010

Quem ouviu a primeira leitura da Missa de hoje parecia ouvir um decalque de certas vulgatas marxistas.

 

Não nego que Marx foi alguém que se preocupou com a humanidade. O problema esteve nos métodos e em alguns pressupostos.

 

Mas a célebre máxima marxiana de cada um segundo a sua capacidade, a cada um segundo a sua necessidade parece transcrita no livro dos Actos dos Apóstolos: «Distribuía-se a cada um conforme a sua necessidade».

 

Os cristãos da primeira hora não chamavam seu ao que lhes pertencia. Tinham tudo em comum. Eram um só coração e uma só alma.

 

Não será que Karl Marx propugnou o que, no seu tempo, era pouco visível nos cristãos?

publicado por Theosfera às 19:27

De António a 13 de Abril de 2010 às 20:22
"De cada um segundo a sua capacidade, a cada um segundo a sua necessidade" é perfeitamente cristão. A análise económica de " O Capital" parece-me cientificamente comprovada pelo descalabro económico a que a ganância capitalista financeira nos conduziu.Aqui subscrevo Karl Marx. No demais, da teoria e prática marxista-leninista, não.Mas não vejo como seja possível caminharmos para sociedades assentes em princípios cristãos sem mais cooperação e partilha, sem menos egoísmo,sem mais propriedade social e cooperativa.Os Essénios não conheciam propriedade privada.As ordens monásticas também não. Cristo e os Apóstolos viviam igualmente da partilha equitativa dos bens. Nenhum deles morreu com os bolsos cheios de dinheiro,mas com os corações repletos de Humanidade.O pior que pode acontecer ao Cristianismo é ficar retido de concepções ideológicas egoístas...


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro