O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 13 de Abril de 2010

O caso é grave e está a atingir a Igreja dia após dia. Mesmo admitindo que há a intenção por parte de alguma comunicação social de transformar esta questão numa arma contra a Igreja e contra o Papa, a verdade é que os casos que se conhecem são suficientes para deixar toda a gente, particularmente os que amam a Igreja, em estado de choque.

 

Por isso, o que se espera, particularmente os católicos, é que os nossos Bispos, tal como o Papa, se mostrem como estão diante de todos: tristes, envergonhados e com a consciência de que a formação do clero deve neste momento tornar-se na primeira prioridade da Igreja. A formação de um padre deve ser ainda mais exigente.

 

A confusão, o relativismo moral e até alguma dificuldade em viver o sacrifício devem ser evitados, nos que se formam e nos que formam. Talvez seja altura de reforçar o conceito de santidade na formação dos padres.

 

Quanto aos que praticaram os actos de abuso sexual contra menores, Jesus disse tudo no seu tempo: «É inevitável que haja escândalos, mas ai daquele que os causa, melhor seria para ele que lhe atassem ao pescoço uma pedra de moinho e o lançassem ao mar do que escandalizar um só destes pequeninos. Tende cuidado convosco».

publicado por Theosfera às 09:58

De António a 13 de Abril de 2010 às 13:43
Penso que não haverá campanha orquestrada da comunicação social, embora admita que possa haver algumas tentativas de aproveitamento do escândalo. Mas o que é relevante é saber se o escândalo existiu, qual a sua dimensão e quais as responsabilidades existentes na sua existência e encobrimento. É para isso que serve a comunicação social. Para revelar factos. Depois existem os tribunais, as consciências dos homens e o julgamento de Deus para os avaliar. Cristo foi muito severo na censura que fez contra quem cometesse esses escândalos. Mas há sectores que teimam obsessivamente em negá-los. Um dos exemplos tristes dessa negação proveio do decano Cardeal Angel Sodano, na intervenção que fez em Domingo de Páscoa, dirigindo-se a Bento XVI: "Está consigo todo o povo de Deus, que não se deixa impressionar pelos mexericos do momento". Que frase tão triste, tão insensível, tão injusta e tão arredia do que Cristo certamente diria neste momento escandaloso, em defesa das vítimas dos actos pedófilos. Claro que, com intervenções deste calibre, é a Igreja Católica que fica com a sua imagem institucional acrescidamente afectada. Mais recentemente, o bispo de Tenerife, Bernardo Álvarez, proferiu este dislate:"Há crianças de 13 anos que são menores de idade, mas perfeitamente de acordo com o abuso, e desejam esse abuso, e se uma pessoa não tiver cuidado, eles até provocam isso”, disse o bispo. Aqui chegados, que mais dizer?...


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro