O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 04 de Abril de 2010

Nos últimos dias, não se fala de outra coisa nesta (habitualmente) pacata cidade de Lamego.

 

Um jovem de nome Artur perdeu a vida num passeio de finalistas.

 

Muita gente tem vindo ter comigo, incluindo alguns pais que também tinham os filhos nessa viagem.

 

Que dizer?

 

Não digo nada.

 

Rezo e partilho a dor.

 

Há momentos em que as palavras soam a puro fraseado sem substância.

 

As palavras existem para dizer a vida, não a morte.

 

A única palavra é a palavra da presença. De uma presença humilde, orante, fraterna e solidária.

 

Os meus sentidos pêsames aos pais, irmãos e amigos do Artur.

 

O céu parece ter pressa em receber os bons...

publicado por Theosfera às 12:09

De António a 4 de Abril de 2010 às 16:55
"O céu parece ter pressa em receber os bons..." Parece mesmo. Podemos acreditar na vida para além da morte, mas as nossas concepções não substituem nem a dor nem o significado da presença amiga...


mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro