O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 30 de Março de 2010

Uma rápida viagem pela imprensa de hoje deixa-nos desapontados com o estado do país e do mundo.

 

O desemprego afecta sobretudo quem aufere salários mais baixos. Não basta ganhar menos, como ainda há quem se sujeite ao desemprego. Tudo corre mal a quem é pobre.

 

A Amnistia Internacional publica um pavoroso relatório acerca da pena de morte. Só no ano transacto, os Estados Unidos executaram dezenas de pessoas. Ao nível do...Iraque!

 

Não vem qualquer número sobre a China, porque este país faz tudo no maior secretismo. Mais uma vez, a praga do encobrimento.

 

Ainda bem (e esta é a única notícia positiva desta manhã chuvosa) que há empresas que destinam verbas avultadas para causas sociais.

 

Quando muito se perde, sempre é bom saber que nem tudo está perdido.

publicado por Theosfera às 11:09

De António a 30 de Março de 2010 às 21:13
Já os antigos Maias profetizaram que o mundo iria acabar em 2012. Não creio. O que poderá acabar é este estado caótico mundano em que vivemos. E começar uma época espiritualmente mais evoluída. Já batemos no fundo. Olhamos para a realidade que nos circunda e líderes verdadeiramente íntegros são muito poucos. O resto é um panorama desolador, um deserto confrangedor de lugares comuns e de incontáveis preconceitos. Remar contra esta corrente asfixiante torna-se bem difícil. Hoje, já não existem areópagos democráticos de dialéctica como havia na Grécia Antiga. Se aparece, de vez em quando, um azedo Saramago a desancar no despótico demiurgo, que alguns teimam em fazer passar por Deus, que fazemos? Empertigamo-nos e continuamos a sustentar, contra todas as evidências do raciocínio lógico, que Deus é essa imaginária figura cruenta. Adianta contrapor que o Deus do Amor nunca poderia permitir que os Seus filhos se auto condenassem a um Inferno físico de chamas ardentes para toda a Eternidade? Não, não adianta, porque alguns militantes teológicos mais acérrimos ainda se comprazem com a expectativa de um mundo sádico e masoquista. Deus é Bondade. E quase todos acenam que sim. Mas os indefectíveis da ortodoxia preconceituosa vêm logo muito pressurosos avisar-nos que Deus também é Justo. E Justo quer para eles dizer: permitir que nos auto condenemos a uma braseiro de chamas ardentes. Onde isto chegou, meu Deus.Que se terá passado durante 2010 anos para nos mantermos tão primitivos, tão pouco evoluídos espiritualmente? Eu não acredito no Diabo. Mas quando sustentam que esse demónio privilegia distorcer a Doutrina de Cristo em nome de Deus, penso que, a existir, era mesmo por aí que ele atacaria. Através da Condenação e não da Misericórdia…


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro