O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 25 de Março de 2010

«Os homens que odeiam continuam em vida; os conciliadores morrem».

Assim reza (acutilante e magnificamente) um provérbio africano.

publicado por Theosfera às 11:45

De António a 25 de Março de 2010 às 18:03
Não terá de ser sempre assim, mas vai demorar alguns séculos até que a Fraternidade se instale no Planeta Terra. Os seres humanos não evoluem no mesmo compasso. Estamos em patamares espirituais distintos e variados e é isso que explica o cruzamento das boas e das más condutas. Hitler justificou a perseguição aos judeus como um mandato que recebera de Deus. Podemos dizer que ele era louco, mas também nos podemos perguntar: qual a concepção de Deus em que ele acreditava? Não seria aquela que permitiria também vê - LO como castigador e punitivo ? E que várias passagens bíblicas assim atestam? Que fizeram os teólogos, os exegetas, ao longo da História da Humanidade para invocarem Deus simplesmente Misericordioso? Alguém leu S. Francisco de Assis ou D. Óscar Romero a evocarem castigos divinos, mormente perpétuos? Os cátaros não acreditavam num Inferno divino, mas os homens fizeram-lhes pagar bem caro o seu cristianismo de base popular. E infernizaram-lhes as vidas. Terá de ser sempre assim? Não. Um dia ninguém poderá legitimar a morte, a tortura, a perseguição em nome do Deus do Amor e da Bondade. Já faltou mais tempo...


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro