O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 24 de Março de 2010

A crise não é só (nem principalmente) exterior. É também (e sobretudo) interior.

 

Não sei até que ponto haverá uma relação de causa-efeito entre a crise económica e a debilidade psíquica dos portugueses.

 

O certo é que os mais recentes dados apontam para um crescimento galopante de patologias psíquicas.

 

Assim, um quinto da população portuguesa tem doença mental.

 

À cabeça encontram-se perturbações de ansiedade, perturbações depressivas, perturbações de controlo de impulsos e outras relacionadas com o álcool.

 

Acresce que as pessoas têm dificuldade em recorrer a tratamento e, como asseveram os especialistas, há cada vez menos factores de suporte às pessoas vulneráveis.

 

Eis, por isso, um sinal a que temos de estar atentos.

 

Há que pensar, cada vez mais, no outro. No seu bem. Na sua saúde.

 

O outro também faz parte de mim. Não pode, por isso, ser visto como adversário nem olhado com sobranceria ou indiferença. O outro é sempre único. É meu irmão.

publicado por Theosfera às 11:42

De António a 24 de Março de 2010 às 22:56
Portugal está a rebentar pelas costuras. Sem norte e desnorteado, à deriva. Numa panóplia de palavras e de mútuas acusações. E sem timoneiros. Não se vê um discurso minimamente elaborado de como sair da crise. Cavaco Silva diz as banalidades que toda a gente diria. Os políticos em geral, com honrosas excepções, debitam lugares comuns. Na Igreja Católica, há vozes que ouço com respeito. Mas, mesmo aqui, a letargia instalou-se. Bento XVI quer segurar o que já não é possível segurar. Falta " algo" a nível nacional e mundial para sairmos deste rame- rame. Voltar aos tempos em que se discutiam ideias. Com 16 anos, eu discutia Leibniz e Feuerbach.Agora é esta apagada e vil tristeza de um mundo dogmático e literalista. Até Deus conseguiram soterrar...


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro