O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 20 de Março de 2010

 

São, sem dúvida, muitos os caminhos que conduzem a Deus.Mas o mais seguro é, inquestionavelmente, o da bondade, o do amor, o da amizade, o do perdão.
 
Dizia Agostinho da Silva: «O supremo entender é a bondade».
 
Eis o logos que nunca envelhece nem envilece. É a partir da bondade que faz sentido mergulhar no estudo e cimentar o serviço diaconal.
 
O segredo: pensar menos em si, pensar mais nos outros.
 
A Igreja nunca é eclesiocêntrica. Será sempre teocêntrica eantropocêntrica. Como Jesus.
 
irmão de todos. Sentir-te-ás filho de Deus!
publicado por Theosfera às 11:47

De António a 20 de Março de 2010 às 12:36
Agostinho da Silva sabia pôr a tónica justa nas suas proposições. Sempre foi um Homem de Bem, que aliava a sua superior Inteligência e o seu superior Conhecimento ao seu superior sentido do Bem. E sempre colocou Deus no seu ponto mais Alto.

A invocação de Deus tanto pode ser feita em nome da Bondade como em nome da Maldade:

Alguém sustentou estas posições:

"A grandeza do Cristianismo não está em qualquer tentativa para reconciliar-se com as opiniões semelhantes da filosofia dos antigos, mas na inexorável e fanática proclamação e defesa das suas próprias doutrinas."

"O cristianismo não se satisfez em erigir os seus altares, mas viu-se na contingência de proceder à destruição dos altares dos pagãos. Só essa fanática intolerância tornou possível construir aquela fé adamantina que é a condição essencial de sua existência."

“ Também nessa questão muito se pode aprender com a Igreja Católica. Apesar de suas doutrinas estarem - aliás, sob certos aspectos, desnecessariamente - em muitos pontos, em colisão com a ciência exacta e o espírito de investigação, a Igreja não sacrifica uma virgula dos seus princípios. Com muita sabedoria, ela reconheceu que seu poder de resistência não consiste numa maior ou menor harmonia com as conquistas científicas do momento, sempre variáveis, mas na insistência da defesa dos dogmas que, em conjunto, expressam o carácter da fé. Consequência disso é que a Igreja mantém-se mais firme do que nunca. Pode-se profetizar que, com o tempo, cada vez conquistará maior número de adeptos.”


Sabem quem foi que proferiu essas apreciações ?:

Um tal Adolf Hitler, em " A Minha Luta".

O mesmo que proferiu esta frase:

"É certo que, em todas as épocas, houve indivíduos sem consciência que não tiveram pejo de fazer da religião instrumento de seus interesses políticos (pois é disso que se trata quase sempre e exclusivamente entre esses pulhas). Entretanto, é falso tornar a religião ou o credo responsável por um bando de patifes que dela fazem mau uso, da mesma forma por que poriam qualquer outra coisa a serviço de seus baixos instintos."

Quanto a esta concreta frase, nunca antes imaginara que alguma vez pudesse concordar com Hitler...



mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro