O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 15 de Março de 2010

Tenho o maior respeito por todas as manifestações de fé. Sobretudo as manifestações de fé do povo comovem-me bastante.

 

Sabemos, porém, que nem todas as configurações estão em sintonia com a identidade. Mas isto já não é de agora. O grande Padre Abel Varzim, que também acompanhava a fé do povo, expende o que sentiu durante uma procissão dos Passos.

 

«Não gostei da procissão! A Procissão dos Passos é de todos os dias mas não tem andores, nem música, nem anjinhos. Tem dores, angústias, desesperos, lágrimas, lamentos, e chagas. São os ódios de raças, as lutas fratricidas, os colonialismos, os campos de concentração, a opressão das consciências, as limitações da personalidade e da liberdade humanas, a fome, o desemprego, os bairros de lata, os acidentes de trabalho e de estrada, as prepotências e desmandos do capital, a exploração de menores, a escravatura da mulher, os compadrios, as injustiças, os egoísmos. Tudo isto flagela, dilacera, crucifica o Corpo de Cristo, como nunca talvez na História da Humanidade».

 

Sublime. E profundamente interpelante.

publicado por Theosfera às 11:26

De António a 15 de Março de 2010 às 17:29
Padre Abel Varzim sabia que era justa a opção preferencial pelos pobres, pelos injustiçados, pelos sofredores. E eu até diria mais: pelos pecadores. Não está em causa nem pode estar que Deus ama todos os Seus filhos por igual, desde o mais santo ao mais pecador. O mais rico e o mais pobre.O Evangelho dirige-se a todos os homens sem excepção.A todos nos interpela para a Bondade consequente. Mas a quem se dirigiu Cristo, essencialmente, na Sua passagem pela Terra ? Foi aos santos ou aos pecadores ? Foi aos sãos de corpo ou aos doentes ? Foi aos limpos de enfermidades físicas ou aos leprosos ? Foi aos sem mazelas físicas ou aos aleijados ? Aos que viam com os olhos da vista ou aos cegos ? Aos pródigos de riquezas materiais ou aos delas carentes ? Esta atitude em que é colide com o Deus da Equanimidade ? Certamente que Cristo hoje teria uma opção preferencial pelos palestinianos, Ele que, em Jesus de Nazaré,se fez judeu, sem deixar de verberar todas as acções guerreiras e terroristas, viessem elas de onde viessem. Mas alguém acha que Cristo aceitaria que os palestinianos não tivessem direito ao seu país e à sua prosperidade ? Que vivessem num gueto, tal como os judeus já viveram no tempo de Hitler ? Que Belém fosse uma cidade sitiada ?


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro