O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 14 de Março de 2010

Neste dia em que o senhor Primeiro-Ministro visitou a Mesquita de Lisboa e numa altura em que tanto se fala do fundamentalismo islâmico, será oportuno notar que a maioria dos nossos irmãos muçulmanos são pacíficos.

 

Gostaria de destacar uma figura contemporânea de S. Francisco de Assis e que com ele tem muitos traços comuns.

 

Considerado o maior poeta de língua persa, Maulana Djalal ad-Din Rumi nasceu onde hoje é o Afeganistão em 1207 e morreu, na Turquia, a 17 de Dezembro de 1273.

 

É considerado o criador do Sufismo, a vertente mais mística do islamismo.

Acreditava que o exercício do amor era essencial para o amadurecimento e aperfeiçoamento dos seres humanos.

 

Pregava a tolerância, a bondade, a paciência, a calma e a compaixão incondicionais.

 

Um dos seus poemas mais arrebatadores chama-se Eu sou Tu e diz: «Tu, que conheces Rumi, Tu, o Um em tudo, diz-me quem sou. Diz-me: eu sou Tu».

 

 

Dirigindo-se a Deus, afirma noutro dos seus textos: «De mim não resta nada senão um nome; tudo o resto é Ele».

 

 

Famosa é igualmente a sua afirmação: «Quem ama a Deus não tem nenhuma religião a não ser o próprio Deus».

 

Deus é o grande ponto de encontro entre todos os homens, inclusive entre os que dizem não acreditar n'Ele.

 

É que, como escreveu há vinte anos Miguel Esteves Cardoso, são os que não acreditam os que mais precisam d'Ele.

publicado por Theosfera às 23:06

De António a 15 de Março de 2010 às 00:55
O grande problema das religiões nunca esteve nos adeptos, mas em quem os dirige. Certamente que a maioria dos nossos irmãos muçulmanos serão pacíficos. Já conhecia Rumi mas foi muito bom vê-lo aqui evocado. Os filhos de Deus não conhecem fronteiras nem credos...

De Anónimo a 16 de Março de 2010 às 23:20
Comentário apagado.

De António a 17 de Março de 2010 às 19:03
"a" é a primeira letra do abecedário. Mas a vida é composta de muitas palavras de "a" a "z". Você ainda não passou da letra "a". Faltam as outras. Mas já conhece bem a palavra " Intolerância". A sua...


mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro