O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 27 de Dezembro de 2013

Quantas pessoas há, afinal, numa pessoa?

Há quem seja tão elástico. Há quem se mostre tão diferente conforme os locais, as conveniências.

Por alguma razão pessoa vem de «prosopon», que significa «máscara».

Talvez por isso Shakespeare denunciava: «Deus deu-vos uma cara e vós fazeis outra».

Só a autenticidade nos liberta e nos reconcilia. Com os outros. E connosco!

publicado por Theosfera às 10:29

De Anónimo a 27 de Dezembro de 2013 às 12:00
Há quem consiga ter várias caras! Mas, infelizmente, são os multifacetados que conseguem obter tudo o que de melhor a vida pode proporcionar e, curiosamente, mais crédito e aceitação perante os outros! Só uma coisa certamente não conseguirão: ter a consciência em paz. Mas será que têm consciência dos actos que praticam?! Duvido! Contudo têm atitudes de um despudor chocante, sem se molestarem minimamente com a consequência das mesmas. Mas não há bem que sempre dure nem mal que não acabe, como tão sabiamente diz o nosso Povo!


mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro