O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 07 de Novembro de 2013

Não é avassalador. Mas também não é tão raro assim.

A violência está a chegar à escola. E, o que é pior, não se sabe como lhe pôr fim.

Se alguém sabe, vê-se impedido de agir.

Uma professora é agredida na escola. Uma mãe é assassinada por causa da escola.

A causa estará em casa? Perdeu-se aquele liame entre a família e a escola.

O que a casa iniciava, a escola continuava. Hoje, a desconfiança impera e a violência espreita.

A família e a escola deixaram de ser entidades homogéneas. O muito bom convive de perto com o muito mau.

Há que reflectir. E há que nunca deixar de (procurar) inflectir!

publicado por Theosfera às 10:48

De Citharoedus a 7 de Novembro de 2013 às 15:05
Sr. Padre João, tudo o que está a acontecer era previsível...

É o resultado de políticas (?!) erradas no ensino, de liberdade excessiva oferecida a jovens sem maturidade...

Um erro clamoroso destes pseudo-intelectuais, que têm destruído o Ensino em Portugal, e, consequentemente, a educação integral dos jovens, foi a retirada da disciplina de RELIGIÃO E MORAL das escolas. Pelo menos aí recebiam bons conselhos, ouviam falar do dever de respeito pelos mais velhos, pela vida e pelos direitos dos outros.
Recebiam informação sobre modelos de justiça, de autenticidade e verdade a seguir. Tinham assim um mínimo de formação moral.

Agora, infelizmente, os modelos a seguir são as "celebridades" ocas das novelas - mais as cenas dê sexo explícito que protagonizam - e outros programas imbecis das tvs , ou os jogadores da bola... E a formação "moral" que recebem são os sinais de violência e de delinquência que se tornaram o quotidiano do nosso País... !


De Drácon a 7 de Novembro de 2013 às 23:11
Este post é um alerta ! Mas o autor, como tantos outros portugueses sensatos, está a clamar no deserto.... !

"Inflectir"... como...?! Não temos governantes à altura de compreender a situação desgraçada que se vive no País !
Esses malfeitores - a maioria da classe política, PR e PM incluídos - só se preocupam em viver bem, em arrebanhar o máximo, à custa do sofrimento da maioria dos seus compatriotas !

Estão a exaurir Portugal, a vilipendiar o nome de uma Nação de séculos !
Para estes traidores, só há uma solução: defenestrá-los como os nossos antepassados fizeram ao Miguel de Vasconcelos !

De Maria da Paz a 9 de Novembro de 2013 às 03:40


Ex.mo Senhor Drácon:

«Estão a exaurir Portugal, a vilipendiar o nome de uma Nação de séculos !
Para estes traidores, só há uma solução: defenestrá-los como os nossos antepassados fizeram ao Miguel de Vasconcelos !»

Tem V. Ex.ª toda a razão. Precisamos, em Portugal ( e também na velha Europa), de leis draconianas: as únicas que poderão endireitar as veredas tortas desta Pátria, deste Continente, que estão sem rumo. E estão sem rumo porque se desviou de Deus.
Os meus cumprimentos.
Maria da paz

De Drácon a 12 de Novembro de 2013 às 13:49
Senhora D. Maria da Paz:
Obrigado pela sua referência ao meu humilde comentário.

Permita-me que transcreva uma frase do comentário de V. Exª. : "E estão sem rumo porque se desviou de Deus." Tem toda a razão. Na verdade, que se pode esperar das sociedades de hoje, que se afastaram de Deus, que têm como líderes (não, Chefes de Estado) governantes sem moral nem princípios, que blasfemam de Deus, que agem sistematicamente contra as leis divinas...?!

Aceite, Minha Senhora, os meus respeitosos cumprimentos.

De Maria da Paz a 12 de Novembro de 2013 às 15:34
Ex.mo Senhor Drácon:
Tem V. Ex.ª toda a permissão para transcrever o que entender do meu comentário: eu é que tenho de ficar agradecida.
Os meus cumprimentos.
Maria da Paz

De Evágrio Pôntico a 12 de Novembro de 2013 às 12:24
Os grandes "educadores" de hoje: a TV e o CINEMA.
Já se sabia que eram os causadores do mimetismo na violência.

Um estudo desenvolvido por entidade credível e insuspeita, vem agora alertar para a gravidade da situação:

http://www.publico.pt/cultura/noticia/estudo-diz-que-violencia-nos-filmes-duplicou-desde-1950-1612152


mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro