O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 02 de Março de 2010

As exortações de Jesus, no Evangelho destes dias, são de uma acutilância enorme.

 

Ainda ontem, O ouvíamos proibir todo e qualquer julgamento: «Não julgueis e não sereis julgados».

 

Também a condenação é cerceada: «Não condeneis e não sereis perdoados».

 

A tolerância é um mínimo no relacionamento entre as pessoas. O problema é que, muitas vezes, nem esse mínimo somos capazes de usar.

 

Jesus convida-nos à aceitação, à misericórdia e ao perdão.

 

Jamais é lícito actuar contra alguém, perseguir alguém. A única medida que nos cabe usar é o amor, o amor desmedido. É que, já dizia Santo Agostinho, «a medida do amor é o amor sem medida».

 

Hoje, Jesus aparece a verberar o comportamento dos que impõem preceitos aos outros que eles próprios não praticam.

 

Também não Se revê na hipocrisia, no querer dar nas vistas, na exibição da pura mediocridade.

 

Optemos pela simplicidade, pela humildade. É esta a opção de Jesus.

publicado por Theosfera às 10:22

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro