O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 24 de Agosto de 2013

Hoje, talvez mais do que nunca, somos mendigos da felicidade.

Hoje, talvez mais do que nunca, confessamos que somos infelizes.

Somos infelizes mesmo quando proclamamos que somos felizes.

Parece que a felicidade dura pouco. É por isso que multiplicamos os eventos de diversão.

Só que a felicidade parece terminar quando tais eventos chegam ao fim.

As pessoas estão eufóricas, mas, ao mesmo tempo, insatisfeitas.

Habituámo-nos a correr. Desabituámo-nos de ficar.

Pascal tinha uma explicação (no mínimo) curiosa. Para ele, «toda a infelicidade nasce de uma única coisa: não saber ficar em descanso, num quarto».

Não iria tão longe, como é óbvio. Mas que, hoje em dia, faz muita falta repousar é algo que ninguém ousará questionar.

Urge fazer descansar o corpo e, ainda mais, a alma.

Quanto mais se cuida do corpo, tanto mais se faz notar a fadiga da alma.

Faz falta parar. Ler. Olhar. Orar. Meditar. Estar. Ser!

publicado por Theosfera às 12:01

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro