O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 02 de Agosto de 2013

Não sou misoneísta nem tampouco neofóbico.

Acredito que há revoluções indispensáveis, porque permanentes. A revolução da fé, por exemplo.

Só que esta revolução tem muito a aprender com o que vem de trás, com os revolucionários de ontem. Foram eles que esculpiram o tempo com cores ébrias de luz e prenhes de esperança.

Aprender com quem já aprendeu é prova de sensatez e sinal de sabedoria.

Sem aqueles que já foram será possível ser o que somos e o que queremos ser?

publicado por Theosfera às 16:14

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro