O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 30 de Outubro de 2015

Com requintes de provocação, mas com muitas doses de pertinência, eis o que dizia Lewis: «Se está à procura de uma religião que o deixe confortável, definitivamente eu não lhe aconselharia o Cristianismo».

É bom que o percebamos. Cristo não veio aquietar, mas inquietar.

Ele é a paz, a paz da permanente inquietação.

Só os que ousam repousam. Só os que ousam repousam na paz!

publicado por Theosfera às 13:07

Uma vez mais, na minha terra natal. Uma vez mais, no cemitério de Nossa Senhora da Guia.

Não foi certamente por acaso — nada é por acaso — que aqui foi construído o cemitério.

Foi seguramente porque entenderam que não haveria melhor lugar para eternamente repousar do que a presença da nossa querida Mãe.

A este propósito, será bom recordar que, etimologicamente, cemitério não o «lugar onde se morre», mas o «lugar onde se dorme».

É, pois, ao lado da Mãe que muitos dos Seus filhos dormem, afagados pela Mãe, embalados pela Mãe.

E é assim que a nossa dor e a nossa imensa saudade ficam um pouco mais aliviadas.

Sabemos que os nossos pais, os nossos familiares, os nossos vizinhos e os nossos amigos estão bem entregues: estão entregues ao cuidado da nossa querida e amada Mãe!

publicado por Theosfera às 12:57

Tempos novos são tempos diferentes. Serão tempos melhores?

O povo sofrido vive na esperança e vai sobrevivendo em (prolongada) espera!

publicado por Theosfera às 09:53

 

1. Diz um preclaro comentador que o centro desapareceu da cena política.
Segundo ele, a bissectriz diferenciadora estabelece-se crescentemente entre direita e esquerda.

 

2. Não sei.
O que sei é que, em relação à política, as pessoas parecem estar cada vez mais no meio.

 

3. Daí que o voto tenda a ser cada vez mais volátil de eleição para eleição.
O critério ideológico está diluído. Ou seja, há pessoas que variam entre partidos não só dentro da mesma área ideológica, mas também entre partidos de áreas ideológicas diferentes.

 

4. Era importante que se percebesse isto.
As pessoas optam em função de critérios de pendor sobretudo pragmático.

 

5. Perante a ausência de propostas ideologicamente vincadas, decidem com o propósito de que a sua vida seja melhorada. Ou com o desejo de que, pelo menos, não se complique ainda mais.

 

6. É por isso que o voto revela sobretudo dois estados de espírito.
As pessoas, quando votam, umas vezes escolhem, outra vezes protestam!

 

publicado por Theosfera às 09:30

A fé tudo consegue, o amor tudo alcança.

Daí a pergunta pertinente de Balduíno de Cantuária, no século XII: «Que há de impossível para quem crê? E que há de difícil para quem ama?»

Usemos sempre a fé, calibrada pela infindável energia do amor!

publicado por Theosfera às 07:04

Hoje, 30 de Outubro, é dia de S. Marcelo, S. Cláudio, Sta. Doroteia Swartz e S. Domingos Collins.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro