O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 11 de Outubro de 2015

 

Nada é impossível para Ti.

Tudo é possível conTigo, Senhor.

 

Hoje em dia, precisamos de acreditar,

de não desistir

e de sempre caminhar.

 

Obrigado, Senhor, pelo estímulo

e pelo constante apoio.

 

O caminho é difícil, mas não é inviável.

Ele pode ser trilhado.

E, como aos discípulos de Emaús,

também hoje nos acompanhas.

 

És o nosso companheiro,

o que partilha a nossa vida.

 

Tu queres, Senhor, que saibamos os mandamentos.

Mas não chega.

 

Mais importante que saber é fazer.

Saber é necessário, mas fazer é decisivo.

 

Às vezes, falta-nos apenas uma coisa.

Mas essa coisa pode ser a mais importante.

 

É preciso dar aos pobres,

repartir com os pobres.

 

Como são actuais estas palavras.

Como é pertinente este apelo.

Como é urgente esta prioridade.

 

É aqui que está a sabedoria.

A sabedoria não está apenas no conhecimento.

A sabedoria está sobretudo no amor.

O amor é mais sábio que a sabedoria.

 

Essa sabedoria está na Tua Palavra

e no Teu Pão.

 

Obrigado, Senhor, por seres a Mesa

e o Pão.

 

Obrigado, Senhor, por nos dares tudo em abundância.

Obrigado por tanto. Obrigado por tudo.

 

Que nós saibamos repartir.

Neste momento de crise, aumenta a nossa solidariedade

e faz crescer o nosso amor!

publicado por Theosfera às 10:51

Confesso que me atordoa, com toneladas de aflição, esta cultura «zombie» em que estamos a mergulhar.

Deixamos que a morte se passeie à vontade durante a vida.

A morte já não é só o que vem depois da vida. A morte passou a ser a grande «intrusa» durante a vida.

Muitas vezes, já nos comportamos como mortos ao longo da vida. A morte já não é apenas o fim; é sobretudo esta triste desistência.

O súbito interesse pela cultura «zombie» dá (mesmo) muito que pensar!

publicado por Theosfera às 08:56

Mais que a incerteza que paira sobre a política confesso que me preocupa o desnorte de muitas vidas.

São muitos os que se afogam em álcool de noite e se resignam a dormir de dia.

São vidas que desistem de si mesmas.

Uns fecham portas, outros parecem desistir de as (re)abrir.

Acordemos!

publicado por Theosfera às 08:31

Depois de uma rápida «viagem» pela imprensa desta manhã, aflora ao meu espírito um desejo que aqui verto em forma de apelo: «Senhores políticos, politiquem; não joguem».

Deixem os jogos para os jogadores. Façam o que devem e não se recusem a fazer o que podem.

Politicar não é só fazer política. É, acima de tudo, pensar no país.

Olhem que o país não acaba nos gabinetes nem nas sedes partidárias.

A vossa missão é muito nobre. Nobilitem a confiança que o povo vos entregou. 

E dêem-nos motivos para não recearmos que um mar de incerteza nos afogue!

publicado por Theosfera às 08:18

Eis o grande problema.

Vergílio Ferreira diagnosticou-o: «Quando se apanha um mentiroso, ele pode perguntar-nos: "o que é a verdade?" E o mais provável é termos de o deixar seguir».

Porque, por mais que tentemos, acabaremos por notar que, para ele, a sua mentira terá mais valor do que a maior de todas as verdades.

É pena. Mas é a realidade!

publicado por Theosfera às 07:55

Hoje, 11 de Outubro (28º Domingo do Tempo Comum), é dia de Sta. Soledade Torres, Sto. Alexandre Sáuli e S. João XXIII, o Papa Bom.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro