O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 29 de Junho de 2015

Não é difícil concordar com  Somerset Maughan: «O sucesso torna as pessoas modestas, amigáveis e tolerantes; é o fracasso que as faz ásperas e ruins».

Mas convenhamos que é pedir demasiado que o fracasso seja comemorado como se de um êxito se tratasse.

O importante é que o carácter não se altere.

Na alegria ou na tristeza, procuremos ser sempre o que somos. E, desse modo, ninguém fracassará!

publicado por Theosfera às 09:41

Uma em cada seis crianças morre antes dos seis anos.

Em Angola. Nesta nossa aldeia. Neste nosso mundo!

publicado por Theosfera às 09:37

Nesta questão da Grécia, avulta, uma vez mais, um problema: a extrema dificuldade de cada um em colocar-se no lugar do outro.

Curiosamente, foi um filósofo grego (no caso, Aristóteles) que reconheceu que a verdade está na totalidade. E, como é óbvio, nenhuma parte contém a totalidade.

Daí que até os argumentos mais poderosos abriguem as maiores fragilidades. Olhemos para o argumento do dinheiro e para o argumento do poder.

O devedor precisa de obter dinheiro, mas os credores também precisam de reaver o dinheiro. Se houver uma falência, perdem todos.

Quanto ao poder, o governo da Grécia alega que tem compromissos com o povo grego, que o elegeu.

Acontece que esse é também o argumento dos credores. Os governos da zona euro chamados a contribuir também alegam compromissos com o seu eleitorado.

Penso que a única solução está num acordo.

Com um acordo, todos perderão alguma coisa. Mas sem acordo, todos perderão mais. Uns deixarão de ter mais dinheiro e outros arriscam-se a perder o dinheiro já obtido.

«Alea jacta est»!

publicado por Theosfera às 09:31

Hoje, 29 de Junho, é dia de S. Pedro e S. Paulo, S. Cásio, Sta. Emma e S. Siro.

S. Pedro é padroeiro dos serralheiros, dos sapateiros, dos ceifeiros e dos mareantes.

S. Paulo é padroeiro dos cordoeiros e é invocado contra o granizo e as mordeduras das serpentes.

É neste dia que o Papa costuma oferecer o pálio aos arcebispos recentemente nomeados. Tal pálio é confeccionado com pele de cordeiro. Os cordeiros costumam ser oferecidos na festa de Sta. Inês, 21 de Janeiro.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro