O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 17 de Junho de 2015

Neste momento, só há uma guerra entre estados. Trata-se da guerra entre o Sudão e o Sudão do Sul.

Mas esta quase ausência de guerra entre estados não significa que o mundo se sinta em paz.

Há muitos conflitos entre povos e dentro de muitos povos.

E, depois, existe a actividade terrorista, que põe em permanente sobressalto a humanidade inteira!

publicado por Theosfera às 11:01

Este será o primeiro século em que a Europa chega ao ano 15 sem estar em guerra.

O alerta do historiador (no caso, Rui Tavares) não chega para nos sossegar, mas é importante para nos motivar.

Afinal, nem tudo está tão mal.

O fundamental é que não deixemos que a situação piore. E não admitamos que um certo passado regresse.

A paz é um bem precioso!

publicado por Theosfera às 10:56

A ideia de criar o Dia da Consciência partiu de João Crisóstomo, um português residente em Nova Iorque.

O objectivo é que o nome  e a obra de Aristides Sousa Mendes sejam (re)conhecidos em todo o mundo.

João Crisóstomo tem promovido iniciativas que ajudam a dar a conhecer ao mundo o nome de Sousa Mendes (1885-1954), a sua dignidade e o seu heroísmo.

Colóquios, conferências, publicação de livros, além das celebrações de 17 de Junho, estão entre os principais gestos.

Foi no dia 17 de Junho de 1940 que Aristides Sousa Mendes decidiu seguir a consciência, contra as indicações dos seus superiores, e conceder vistos do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal a todos quantos fugiam às tropas nazis.

Durante cinco dias, o diplomata permitiu que milhares de judeus e outros perseguidos conseguissem abandonar Bordéus e, assim, não serem mortos pelos homens do Terceiro Reich.

publicado por Theosfera às 10:47

Nem sempre fazemos o que gostamos. Nem sempre gostamos do que fazemos.

O importante é estarmos preparados fazer o que gostamos e para não deixar de fazer o que não gostamos.

Desde que o sentido do dever assim o determine, a acção há-de seguir os ditames da consciência.

E quem sabe se aquilo de que não gostamos pode revelar-se, um dia, o mais importante?

Não desperdicemos o sapiente conselho de Henri Bergson: «A vida é um caminho de sombras e luzes. O importante é que se saiba vitalizar as sombras e aproveitar as luzes».

Afinal, as luzes costumam brilhar ao lado das sombras!

publicado por Theosfera às 10:35

Hoje, 17 de Junho, é dia de S. Rainério de Pisa, S. Manuel, S. Jobel e Sto. Ismael (mártires), S. Manuel (arcebispo de Adrianópolis) e Sta. Emília de Vialar.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro