O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 06 de Março de 2015

É importante não esquecer os conflitos que são lembrados.

Mas é igualmente necessário lembrar os confiltos que são (teimosamente) esquecidos.

No Sudão do Sul, em menos de dois anos, terão morrido 50 mil pessoas. Os desalojados ascendem a dois milhões.

Até quando?

publicado por Theosfera às 10:27

Parece que o ateísmo não se esgota na relação com Deus.

Victor Hugo achava que «não acreditar no povo é ser ateu em política».

Às vezes, há motivos para não acreditar no povo e em quem serve o povo.

Não sabemos se havemos de acreditar no que, agora, se diz ou no que, a seguir, se desdiz.

Mas mais vale errar por confiar do que penar eternamente na desconfiança.

Confiar é um risco. Mas é um risco que vale a pena ser corrido!

publicado por Theosfera às 10:18

É verdade que o tempo só anda para a frente. Mas, muitas vezes, parece estar refém do que acontece atrás.

É preciso aprender com o tempo.

Há coisas que é necessário sepultar e há coisas que é vital manter.

Só tradição é uma prisão. Nunca tradição pode ser contradição.

A vida só se compreende olhando para o passado.

E só se triunfa na vida caminhando para o futuro!

publicado por Theosfera às 10:06

Atenção ao que dita a experiência.

O momento obscurece, o tempo clarifica.

Muitas vezes, é preciso esperar que o tempo passe para que acontecido em cada momento se esclareça.

Já Thomas Mann reparou: «O tempo tudo clarifica e não há estado de espírito que se mantenha inalterado com o passar do tempo».

O tempo muda, muda-nos. E que nem sempre notamos como estamos diferentes!

publicado por Theosfera às 09:57

 

  1. Um dos valores matriciais da convivência é o respeito.

Deste respeito não hão-de fica fora o espaço sagrado e os actos sagrados. Nem será preciso invocar normas. Bastará seguir o bom senso.

 

  1. Todos sabem que a experiência religiosa é, por excelência, uma experiência de escuta.

Daí que o ambiente no espaço sagrado deva primar pelo silêncio.

 

  1. Quem tem fé compreenderá com facilidade. E quem não tem fé também perceberá sem dificuldade.

É por isso que se pede que, antes das celebrações e como forma de ambientação, haja silêncio na igreja, na sacristia e até à volta do templo.

 

  1. Sei que não é por mal, mas, nos últimos tempos, chega-se a uma igreja e o que avulta é o ruído.

A vontade de conversar sobrepõe-se ao direito de meditar. Parece que se pode falar com todos menos com Deus. Parece que se ouve toda a gente, menos a voz de Deus.

 

  1. Como se isto não bastasse, já se vêem pessoas a entrar com bonés e chapéus, com fatos de praia, a beber, a comer (sobretudo gelados), a mastigar (rebuçados ou pastilhas elásticas), a atender o telemóvel ou a consultar a net.

Isto colide frontalmente com a natureza do lugar e das celebrações que nele decorrem.

 

  1. Sobra, ainda, um problema para quem tem a missão de conduzir o povo de Deus.

Se intervém, arrisca-se a ser incompreendido e até maltratado. Se não intervém, acaba por consentir o que não pode aprovar. Ou seja, é uma situação sempre delicada.

 

  1. Acresce que, à medida que o tempo passa, há uma tendência para transformar a excepção em regra.

Já se agenda quase todo o tipo de actividades para as igrejas.

 

  1. Não raramente, prevalece a impressão de que a igreja é para tudo, excepto para aquilo que ela existe: rezar. Até parece que o incorrecto tem mais espaço que o correcto. E que o errado encontra maior acolhimento que o certo.

Aliás, quem é apontado como estando errado acaba por ser quem tenta corrigir o erro.

 

  1. A Igreja é para todos, mas não é para tudo.

Só que é complicado gerir as situações concretas e os factos que muitos dão como consumados.

 

  1. Apesar de tudo, creio não ser impossível restituir a dignidade aos lugares e a beleza às celebrações.

Para glória de Deus. E bem-estar de todos!

 

publicado por Theosfera às 09:16

Hoje, 06 de Março, é dia de S. Cónon, o Jardineiro, e Sto. Olegário.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:27

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro