O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 13 de Fevereiro de 2015

A Ucrânia tem um pesadelo a leste. E pode vir a ter uma ilusão a oeste.

A Rússia está a ser um problema. Mas estará a Europa em condições de se tornar a solução?

Entre um pesadelo e uma ilusão, o sonho pode fazer alguma coisa.

Que, ao menos, a realidade não se agrave!

publicado por Theosfera às 11:01

Que fazer para vencer?

Tudo começa na visão. Mas não basta ver antes para agir primeiro.

Para vencer, é imperioso ver o que não está à vista.

Como notou Antoine de Saint-Exupéry, isso é o essencial.

Daí que, para Sun Tzu, «o vencedor seja aquele que vê o que não está visível».

Não é fácil. Mas é (cada vez mais) decisivo!

publicado por Theosfera às 10:53

O que leva ao falhanço das revoluções?

Ortega y Gasset respondeu: «Nas revoluções, a abstracção tenta sublevar-se contra o real; por isso, o fracasso é consubstancial às revoluções».

O real tem muita força e costuma ser bastante teimoso.

Não nos resignemos, porém. E procuremos compreender que a realidade não muda com abstracções, mas com a instauração de uma realidade diferente.

Se procurarmos mudar a realidade do nosso ser, a realidade do mundo começará a mudar também!

publicado por Theosfera às 10:45

O trabalho cansa. A falta de trabalho mata.

Diz um estudo agora publicado que um em cada cinco suicídios é provocado pelo desemprego.

Entre o cansaço e a morte, assim vai decorrendo a vida da humanidade nestes dias cinzentos.

Há que pedir apoio à esperança.

Ela não resolve tudo. Mas não costuma consentir que se decaia num desânimo sem remissão!

publicado por Theosfera às 10:39

Hoje, 13 de Fevereiro, é dia de S. Martiniano, S. Jordão da Saxónia, Sta. Cristina de Espoleto e S. Benigno.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:46

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2015
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9




Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...

blogs SAPO


Universidade de Aveiro