O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 17 de Outubro de 2014

Ao lado de tantas palavras ditas existem tantas palavras não ditas, tantas palavras por dizer. 

Se se fizesse a história completa da humanidade, ao lado dos livros escritos teria de haver lugar para imensos livros em branco.

São esses os que mais têm que contar. Mas não contam!

publicado por Theosfera às 18:47

Nenhum saber pode ficar escondido.

Todo o saber deve ser repartido. Não como quem faz uma dádiva, mas como quem ressarce uma dívida.

Paolo Mantegazza apercebeu-se: «Quanto houvermos aprendido devemos ensiná-lo a quem tudo ignora ainda; deste modo pagamos uma dívida sacrossanta».

Afinal, aquilo que damos também nos foi dado. A humildade é o parto do saber!

publicado por Theosfera às 09:37

Antes de tomar uma atitude, seria bom que a avaliássemos.

Muitas vezes nos desvanecemos, mas quantas vezes nos arrependeremos?

Daí o avisado conselho de Jacques Bossuet: «A única precaução contra os remorsos da morte é a inocência da vida».

Nunca deixemos de resgatar a inocência (porventura) perdida. Ou desperdiçada!

publicado por Theosfera às 09:29

O que vemos, o que sentimos, o que escutamos não nos sossega.

É quase impossível ser optimista, embora nunca devamos fechar as portas à esperança.

Diga-se que este sentimento não é de agora. Já David Lawrence desabafava: «Não é um belo pensamento o de um mundo sem pessoas, apenas relva ininterrupta e uma lebre sentada?»

Apesar de tudo, não é um belo pensamento este.

O mundo será melhor com melhores pessoas. Nunca será belo um mundo sem pessoas!

publicado por Theosfera às 09:23

Hoje, 17 de Outubro, é dia de Sto. Inácio de Antioquia (que gostava de se apresentar como «Teóforo», aquele que traz Deus), Sta. Zélia, S. Balduíno e S. Gilberto.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Outubro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro