O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014

Debater deixou de ser dialogar. Debater é sobretudo bater.

A preocupação não é tanto apresentar os melhores argumentos, mas assestar os maiores ataques.

A alternativa não é fácil. Fugir ao debate é visto como fraqueza. Participar no debate é expor-se ao ataque.

A solução passa por atacar? É o que muitos acham. Os debates tornaram-se mais reactivos do que pró-activos.

Os participantes estão mais preocupados consigo do que com o país.

Albert Camus achava sinal de lucidez substituir «o diálogo pelo comunicado». Não é tão exaltante. Pode ser que seja mais esclarecedor.

Um debate tem de ser mais que um combate!

publicado por Theosfera às 10:40

‎10 de Setembro não é só a véspera do 11 de Setembro, uma data tingida pela tragédia.

Faz hoje 50 anos que foi assinado o prefácio de um dos livros mais marcantes do último século: «Teologia da Esperança».

Nele, o teólogo luterano Jurgen Moltmann entra em diálogo com as principais correntes do pensamento e assinala um horizonte mobilizador para o presente.

Belos, sem dúvida, esses anos 60. Quero crer que as janelas então abertas não se fecharam de vez.

publicado por Theosfera às 04:52

Faz hoje 36 anos que foi proferida uma das frases mais espantosas de sempre.

Foi, de facto, a 10 de Setembro de 1978 que o Papa João Paulo I (que viria a morrer a 29 desse mesmo mês) disse que «Deus é Pai e, ainda mais, Mãe»!

Para o «Papa do Sorriso», Deus não faz mal, não castiga. «Só quer fazer-nos bem a todos».

É por isso que «Deus tem os Seus olhos abertos, mesmo quando nos parece que é de noite» Acrescentaria: «Sobretudo quando nos parece que é de noite»!

publicado por Theosfera às 03:45

Hoje, 10 de Setembro, é dia de S. Nicolau de Tolentino, S. Francisco Gárate e Sta. Pulquéria.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro