O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 01 de Agosto de 2014

A coragem não vem da natureza nem da presunção, mas da vontade e da determinação.

Alfred von Tirpitz tinha como máxima: «Se um homem não tiver coragem para fazer uma coisa, deve "querer" tê-l».

Por natureza, somos todos retraídos. Por natureza, tendemos todos a fugir das dificuldades.

Hoje, talvez mais do que nunca, precisamos de coragem.

Muitos dizem tê-la. Poucos mostram tê-la. Todos precisamos de a querer possuir!

publicado por Theosfera às 19:00

Há palavras que incendeiam mais palavras. E há palavras que acendem silêncios.

Para meditar, precisamos de escutar.

Precisamos de ouvir as palavras que o grande silêncio vai depositando no mundo!

publicado por Theosfera às 09:57

O que faz o dinheiro por nós? Muita coisa, certamente.

O que fazemos nós pelo dinheiro? Tanta coisa, seguramente.

Alguns fazem tanto para o ter e nunca o obtêm. Outros nada parecem fazer e parece que já nasceram com ele.

Enfim, Flaubert pôs a questão como desconcertante crueza: «O que o dinheiro faz por nós não compensa o que nós fazemos por ele».

Por muito que seja, é sempre pouco o que o dinheiro tem para dar!

publicado por Theosfera às 09:51

Passamos muito uns pelos outros, mas será que nos encontramos uns com os outros?

Hoje, há muitas palavras gritadas entre nós e poucas palavras acolhidas por nós.

Como bem notou Bruno Forte, o encontro ocorre entre a palavra e o silêncio.

Nos tempos que correm, banalizamos as palavras e tornamo-nos órfãos de silêncio.

Deixemos que o silêncio fale e uma luminosa surpresa caminhará à nossa frente!

publicado por Theosfera às 05:44

Às vezes, muitas vezes, propendemos a achar que o grande mora longe.

Será que a proximidade empequenece?

Mas, no fundo, pequenos são os olhos que não conseguem ver o grande que está à nossa beira.

Manuel Gonçalves da Costa faria hoje, 1 de Agosto, 104 anos.

Ele, que trouxe tantos factos e tanta gente à lembrança, vai sendo atirado para o esquecimento.

A justiça nem sempre é feita aos melhores.

Foi das pessoas mais brilhantes que conheci.

Um mestre. E um grande amigo.

publicado por Theosfera às 00:19

«É uma grande injustiça impor às consciências normas e leis se não pudermos provar claramente que elas são queridas por Deus».

 

Eis a advertência de um santo: Sto. Afonso Maria de Ligório.
publicado por Theosfera às 00:18

Se o discípulo não é superior ao Mestre (cf. Lc 6, 40), é normal que a vida do discípulo esteja decalcada na vida do Mestre.

Torna-se, portanto, compreensível que o padre seja acompanhado pelo (humanamente) incompreensível.

Mas se a Cruz esteve presente na vida de Cristo, como é que poderia estar ausente da vida do padre?

publicado por Theosfera às 00:10

Hoje, 01 de Agosto, é dia de Sto. Afonso Maria de Ligório e S. Félix de Gerona.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro