O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 07 de Abril de 2014

É urgente perceber que nada somos sem os outros. Inferno não são os outros. Inferno é viver sem os outros, contra os outros. Não é incorrecta a máxima de Descartes: «Penso, logo existo». Mas é mais acertada a advertência de Sampaio da Nóvoa: «Penso nos outros, logo existo». De facto, não existo plenamente quando penso. Só existo verdadeiramente quando penso nos outros. Existir é nunca desistir dos outros.

Muita paz e muita esperança! Especialmente para si!

publicado por Theosfera às 05:55

Hoje, 07 de Abril, é dia de S. João Baptista de La Salle, Sto. Hermano José e Sta. Maria Assunta Pallota.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

Domingo, 06 de Abril de 2014

Uma vez mais, Senhor,

eis-nos na Tua escola

para aprender conTigo,

para beber das lições que nos dás,

com a Tua Palavra e sobretudo com a Tua vida.



Tu não páras de nos surpreender.

Será que alguma vez aprenderemos

a profundidade e o alcance das Tuas lições?



Para Ti, Senhor, só ganha quem perde,

só volta à vida quem dá a vida.



A Tua hora é a hora da glória

e a a tua glória está na Cruz,

está na oferta total da vida,

na entrega plena do ser.



Que nós sejamos, Senhor, como o grão de tigo.

Que não tenhamos medo de descer à terra.

É do fundo que se sobe.

É de trás que se avança.



Que não tenhamos medo da obscuridade.

Porque a Tua luz, Senhor,

brilha em todo o lado.



Ensina-nos, Senhor,

a não fugir dos problemas

e a não ter receio das dificuldades.



Tu nem da morte fugiste

e, abraçando a morte,

venceste a morte.



Como os Teus contemporâneos,

também nós, hoje, Te queremos ver.

Que todos Te possam ver em nós

e que, através do nosso testemunho,

Te possam encontrar,

JESUS!

publicado por Theosfera às 11:10

Hoje, 06 de Abril (V Domingo da Quaresma), é dia de S. Prudência, 120 Mártires da Pérsia, S. Marcelino, S. Winebaldo e Sta. Pierina Morosini.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

Sábado, 05 de Abril de 2014

Há uma semana, ele disse (e repetiu) que  «não tem intenção» de se candidatar à presidência.

Uma semana depois, muitos acham que, com essas palavras, ele acaba por manifestar intenção de se candidatar a essa mesma presidência.

Muito estranha e cabalística a comunicação política.

Para expressar o sim, o caminho mais eficaz será a pronúncia de um «não»?

publicado por Theosfera às 13:30

«Não "Fico" na presidência, mas "Fico" no governo».

Assim poderia falar o primeiro-ministro da Eslováquia no rescaldo das eleições presidenciais.

Não foi eleito para o cargo presidencial. Permanece no executivo.

O seu nome? Robert Fico.

Ele há nomes que são (mais que) premonições!

publicado por Theosfera às 13:21

Na era da comunicação, pode parecer estultícia advogar um certo e recatado silêncio.

Mas é o melhor.

Se repararmos bem, passamos grande parte do tempo a discutir palavras e a esgrimir conceitos.

Precisamos de olhar para a vida. Antes de dizer algo sobre a vida, importa escutar o que a vida nos diz, a  nós.

Dar o nome a uma coisa, já avisava Virgínia Wolff, leva ao risco de a transformar. E essa transformação pode ser uma adulteração.

Como dizia Florbela Espanca, «tão pobres somos que as mesmas palavras nos servem para exprimir a mentira e a verdade»!

publicado por Theosfera às 12:12

Num tempo de défices atrás de défices, uma coisa parece abundar: a razão.

Aliás, já Descartes dizia que «não há há nada no mundo que esteja melhor repartido do que a razão: toda a gente está convencida de que a tem de sobra».

publicado por Theosfera às 12:01

Hoje em dia, e cada vez mais, a realidade é o que está na comunicação.

O problema é que nem sempre a realidade corresponde à comunicação.

Umas vezes, a comunicação favorece a realidade. Outras vezes, prejudica-a.

De facto, uma coisa é o que a realidade emite. Outra coisa, bem diferente, é o que a comunicação apreende e mostra.

O equívoco é sempre possível. Não nos fiquemos pela comunicação. Procuremos olhar para a realidade tal como ela é.

Impossível? Não desistamos antes de tentar!

publicado por Theosfera às 11:55

Hoje, 05 de Abril, é dia de S. Vicente Ferrer e Sta. Juliana de Cornillon.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

Sexta-feira, 04 de Abril de 2014

Como não agradecer-te, mãe,
se é tanto o que és,
o que ofereces
e o que semeias no meu ser?

Mas como agradecer-te, mãe,
se é tão pouco o que tenho
para dizer, para te bendizer?

O que o coração sente
os lábios não são capazes de balbuciar.
Trémulos, hesitam e gaguejam,
incapazes de soltar uma palavra
ou de articular um som.

Mas será que existe alguma palavra
que consiga dizer o que o coração sente?

Dizer «obrigado» é pouco,
mas dizer-te «obrigado» é tudo o que resta
quando tudo já tiver sido dito.

Obrigado, mãe,
pela vida que nunca recusaste dar-me.

Obrigado pelo amor
que nunca hesitaste oferecer-me.

Obrigado pelo sacrifício
a que nunca te furtaste.

Obrigado pela fé
com que sempre me inundaste.

Obrigado
por seres sempre berço a que volto
e fonte a que regresso.

Obrigado
pelo testemunho e pela fidelidade.

Obrigado
me teres dado a vida
e por seres vida para mim.

Obrigado
por não me eliminares quando habitei teu ventre.

Obrigado
por me amares desde o primeiro instante.

Obrigado
por nunca seres túmulo
e por sempre seres regaço.

Obrigado
por nunca pensares em ti
e por sempre pensares em mim.

Eu não mereço.
Eu não te mereço.
Mas agradeço.

Porque sei
que amar assim,
como tu amas,
é algo que só está ao alcance de ti, mãe!

Na pobreza dos gestos
e na fragilidade das palavras,
nada mais me ocorre
que este «obrigado».

Entrego-o no colo da Mãe das mães,
Maria-Mãe de Jesus.

Que ela te abençoe
e proteja.

Que ela te conforte
e compense por tudo quanto fazes,
por tudo quanto és,
mãe!

publicado por Theosfera às 11:16

A vida é feita de escolhas.

Mas as escolhas que nós fazemos não dependem só de nós.

Aliás, nós não somos só nós. Nós somos também as circunstâncias que nos circundam e que, nessa medida, nos influenciam.

John Tolkien notou: «Aquilo que nós mesmos escolhemos é muito pouco: a vida e as circunstâncias fazem quase tudo»!

publicado por Theosfera às 09:46

Hoje é dia do Padroeiro da internet, Sto. Isidoro de Sevilha.

São dele estas palavras: «É melhor orar em silêncio, com o coração, do que só com as palavras e sem a atenção da mente; aquilo que o coração ora calado também a voz deve silenciar, para se esconder dos homens».

É por ele esta oração: «Deus eterno e todo-poderoso, que nos criastes à Vossa imagem e semelhança e nos fizestes procurar tudo o que é bom, verdadeiro e belo, especialmente na divina pessoa de Vosso Filho unigénito, Nosso Senhor Jesus Cristo, permiti-nos que, através da intercessão de Santo Isidoro, bispo e doutor,durante as nossas visitas pela Internet dirijamos as nossas mãos e os nossos olhos apenas para o que Vos é agradável a Vós e tratemos com caridade e paciência todas as almas que encontremos.Por Nosso Senhor Jesus Cristo. Ámen»!

publicado por Theosfera às 00:54

Hoje, 04 de Abril (dia de abstinência), é dia de Sto. Isidoro de Sevilha, Padroeiro da Internet, S. Bento, o Africano, Sta. Irene e S. José Bento Dusmet.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

Quinta-feira, 03 de Abril de 2014

O novo primeiro-ministro francês e a nóvel presidente da câmara de Paris nasceram em Espanha.

Isto, muito provavelmente, explica por que a Frente Nacional está a crescer. E deixa o aviso para um possível crescimento ainda maior.

É contra isto que a Frente Nacional luta. Afinal, temos de contar com estas duas tendências: o intercâmbio entre os povos e a reacção contra tal intercâmbio.

Daí que a bissectriz ideológica esteja a diluir-se cada vez mais.

Seria interessante apurar quanta gente de esquerda terá votado num partido encostado à extrema-direita.

Aliás, um dos autarcas eleitos dizia, expedito, que o avô foi comunista, o pai socialista e ele era da Frente Nacional.

Antes de chegar ao poder, quase todos apresentam um discurso facilmente etiquetável como de esquerda. No exercício do poder, quase ninguém escapa a uma prática facilmente identificável com a direita.

As diferenças estão praticamente escondidas.

É por isso que as forças reactivas crescem e os extremos prosperam.

Dá que pensar. Dá que penar!

publicado por Theosfera às 19:00

Na era do conhecimento, é doloroso admitir que há algo que não se pode saber.

Mas, por muito que nos custe, temos de estar preparados para o não-conhecimento.

Dizem que, muito provavelmente, podemos nunca vir a saber o que aconteceu ao avião da Malaia.

Porque alguém esconde a informação? Ou porque não se pode mesmo obtê-la?

publicado por Theosfera às 10:48

Estamos seguros na Terra?

Temos estado relativamente seguros na Terra.

É certo que ela vai tremendo. Mas não tem havido colisões com corpos celestes.

Não estamos livres, porém, de  tais colisões. Há muito, muito tempo, já aconteceram.

95 milhões de anos após a formação do nosso sistema solar, houve uma grande colisão entre a Terra e um astro do tamanho de Marte.

Foi aí que se formou a Lua.

Grandes coisas vêm sempre de grandes embates?

publicado por Theosfera às 10:41

Aprecio a graça: a graça de Deus e a graça entre as pessoas.

Mas dispenso bem gracinhas e graçolas.

Acima de tudo, porque nem sequer chegam a ter graça!

publicado por Theosfera às 10:15

Pascal espantava-se: «Quando estamos de boa saúde, admiramo-nos de como seria possível estarmos doentes».

O problema é que é tão fácil (e tão rápido) passar da saúde à doença, da vida à morte.

O mais distante acaba por ser também o mais próximo.

Não vale a pena criar alarmismos. Mas convém que estejamos preparados!

publicado por Theosfera às 10:02

Hoje, dia 3 de Abril, fazia anos um grande benfeitor de Lamego e região: Mons. Ilídio Fernandes, que faleceu a 23 de Janeiro de 2005.

 

Apaixonado por Deus e devotado à pessoa humana, dedicava uma atenção especial ao mundo rural.

 

Ainda hoje, as obras por eles fundadas dão trabalho a muitas pessoas.

 

Não deixemos esquecer quem nunca nos esqueceu!
publicado por Theosfera às 06:03

Hoje, 03 de Abril, é dia de Sta. Ágape, Sta. Quiónia, Sta. Irene, Sta. Engrácia, S. Conrado de Saxónia, Sto. Estêvão da Hungria e S. Luís Scropussi.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 06:01

Quarta-feira, 02 de Abril de 2014

O historiador não é apenas um localizador; é também (e bastante) um transportador.

Historiador não é tanto o que localiza os factos; é o que os transporta.

Fernando Pessoa asseverou: «O historiador é um homem que põe os factos nos seus devidos lugares. Não é como foi; é assim mesmo»!

publicado por Theosfera às 10:20

Nem sempre o silêncio resolve os problemas grandes.
Mas, muitas vezes, evita que os problemas grandes se tornem maiores.
Já não é pouco!

publicado por Theosfera às 00:37

Hoje, 02 de Abril, é dia de S. Francisco de Paula e Sta. Maria Egipcíaca.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

Terça-feira, 01 de Abril de 2014

Muitos ingredientes tem a vida.

Mas dois são determinantes: a memória e a responsabilidade.

Já dizia José Saramago: «Somos a memória que temos e a responsabilidade que assumimos».

publicado por Theosfera às 11:37

O mal contamina todos. Ninguém está imune.

Não somos impecáveis, mas podemos evitar (ou vencer) o pecado.

Ter princípios não impede a falha. Mas, como alertou Napoleão, «o erro está nos meios, bem mais do que nos princípios».

Importante é que haja lucidez para perceber os limites e humildade para confiar n'Aquele em quem tudo se consegue: Deus!

publicado por Theosfera às 11:26

A única diferença é que hoje é um dia em que nos apercebemos melhor das mentiras que nos são contadas.

 

Nos outros dias, é mais difícil darmos conta dos equívocos em que nos metem.

 

Ao menos, hoje esboçamos um sorriso. Já nos outros dias, vamos escondendo muitas lágrimas.

publicado por Theosfera às 11:13

1. A Primavera traz um pouco do frio do Inverno e alguma coisa do calor do Verão.

A Primavera é um tempo de nuvens e de sol, de clareiras e de brilho, de sombras e de luz.

 

2. Na Primavera, há um misto de esperança e desânimo. Nela, estamos à espera de tudo, mas não temos ainda a garantia de nada.

A Primavera é o amanhecer depois da noite, mas sem a certeza do que virá pela tarde.

 

3. A Primavera é o novo começo, o tempo da sementeira, o início da viagem. É o tempo em que se lavam as roupas encardidas e em que se exibe um ar mais refrescante.

É a altura em que se sentem alguns vendavais, mas em que sopram também algumas brisas.

 

4. A Primavera é quando já não nos fechamos totalmente em casa.

É a altura em que as portas já não estão sempre fechadas e em que as janelas se vão abrindo. É o tempo em que se aspira o aroma das flores e vai desaparecendo o cheiro a mofo.

 

5. Algumas tempestades estarão para vir. Algum frio irá continuar.

Mas o primeiro calor também se fará sentir. O sol irá apertar e poderá até queimar.

 

6. São muitos os que, como João Paulo II, vaticinam uma nova «Primavera na Igreja».

Tal Primavera não é isenta de temporais nem de eventuais lesões provocadas pelas queimaduras da vida.

 

7. Na Igreja, a santidade coexiste com o pecado.

A força anda de mãos dadas com a fraqueza.

 

8. Hoje, como sempre, a Igreja tem de ser a casa da esperança, o repouso dos que se sentem tingidos pela desesperança.

Por isso é que os pobres e os sofredores deste mundo têm de encontrar, nela, um porto de abrigo e uma retaguarda de alento.

 

9. A Igreja deve acender um sorriso no rosto, ainda que se veja dilacerada por torrentes de pranto.

Este já não é o tempo de nos arrastarmos, pesarosos, lamentando as ocorrências de uma jornada com muitas canseiras e desilusões. Este é o tempo de nos levantarmos, decididos, como em manhãs ridentes de sol.

 

10. A Igreja não é o sol. Mas é chamada a aquecer os que a vida faz arrefecer com o desamparo e a injustiça.

Eu vejo a Primavera a despontar na Casa de Deus!

publicado por Theosfera às 10:33

Hoje, 01 de Abril, é dia de S. Hugo de Grenoble e S. Macário.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 06:02

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
hora
Relogio com Javascript

blogs SAPO


Universidade de Aveiro