O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Tornamo-nos conhecidos por aquilo que mostramos. E permanecemos desconhecidos por aquilo que ocultamos.

A nossa identidade não está só naquilo que se mostra. Está também naquilo que se oculta.

Para conhecer plenamente alguém, seria necessário conhecer cabalmente o seu segredo.

Mas isso é praticamente impossível. Não só pela vontade que se tenha de manter segredos. Mas igualmente pela manifesta impossibilidade de tudo revelar.

Somos sempre mais do que mostramos.

Cada ser humano transporta sempre um pouco de mistério. Para os outros. Para si!

publicado por Theosfera às 13:29

A história não é só o palco das ocorrências nem das respectivas interpretações.

A história é também uma permanente fornecedora de sobrevivências.

Há coisas que não passam mesmo quando muita coisa vai passando: o sonho e a dor, a sombra e a luz, as ameaças de fim e os constantes vislumbres de recomeço.

A história é um contínuo recomeço.

Na história há lugar para tudo. Só não pode haver lugar para a desistência!

publicado por Theosfera às 10:40

A vida de um político passa por opções.

É inevitável. E é também perigoso.

Um político não gostará de optar entre a racionalidade e a popularidade.

Precisa da primeira e não deixa de necessitar da segunda.

Só que a racionalidade não traz popularidade. E a popularidade nem sempre traz racionalidade.

Uma vez que ambicionam as duas coisas, os políticos tendem a não ir até ao fim nem na racionalidade nem na popularidade.

Esta indeterminação desperta nas populações os toques de alarme. Quem quer tudo, arrisca-se a não ter nada.

Os povos lamentam que não haja políticos muito racionais nem muito populares.

Continuamos à espera!

publicado por Theosfera às 10:29

Faz, hoje, 51 anos que foi publicado este documento notável.

Faz, dia 3 de Junho, 51 anos que faleceu o seu autor.

Por que não assinalar estas duas efemérides?

Reler a «Pacem in terris» é sempre necessário. Trilhar os passos de João XXIII nunca é excessivo.

Acresce que este documento e este Papa nos ajudam a perceber um pouco melhor os tempos que estamos a viver e a manhã que se sente despertar.

Há muito de João XXIII no Papa Francisco!

publicado por Theosfera às 05:59

Hoje, 11 de Abril (dia de abstinência), é dia de Nossa Senhora dos Prazeres, Sto. Estanislau, Sto. Isaac e Sta. Helena Guerra.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 05:57

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro