O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 27 de Março de 2014

É pequeno e está muito longe.

Um novo planeta foi localizado no sistema solar.

E parece que não é tudo.

Um planeta maior que a terra pode  pode estar no limiar da descoberta!

publicado por Theosfera às 11:28

Nestes tempos ziguezagueantes, a pressa é prioridade, mas acaba também por ser uma impossibilidade.

Às vezes, quanto mais depressa, mais devagar.

De há uns tempos para cá, tenho notado que as distâncias deixaram de ser apresentadas em quilómetros, para serem apresentadas em minutos.

Já sobram placas nas cidades com a indicação de locais a 5m, a 4m ou a 3m de distância.

O problema é que não se conta com a reduzida fluidez do trânsito.

E, não raramente, estas distâncias esticam-se. Os poucos minutos multiplicam-se por muitos!

publicado por Theosfera às 10:53

Iniciativa é o que se faz antes. E deveria ser sobretudo o que se procura fazer bem.

Eis o que, a propósito, dizia Victor Hugo: «Iniciativa é fazermos o que está certo sem ser preciso que alguém nos diga para fazermos tal».

Mas se alguém nos disser, devemos agradecer. Donde vem o bem deve vir também a vontade de o pôr em prática!

publicado por Theosfera às 10:44

Aos nossos olhos, o caso pode parecer risível, mas ele acaba por certificar como os grandes homens se vêem em pequenos gestos.

 

Em meados do século XVI, Lamego teve um bispo vindo de Angra e que fora reitor da Universidade de Coimbra.

 

Órfão de pai e mãe, passou por tantas necessidades que, para se sustentar, teve de empenhar o próprio Breviário!

 

Ao chegar a Lamego, em 1540, D. Agostinho Ribeiro (era este o nome do prelado) achou que os bens da diocese eram excessivos e as necessidades dos pobres abundantes.

 

Por isso, vendeu a mula que o levara a Coimbra e outra mula que o trouxera de Lisboa. O produto era para os pobres.

 

O rei (D. João III) ofereceu-lhe uma terceira alegando: «Quantas mulas o bispo vender, tantas mulas lhe hei-de mandar; os pobres correm por conta dele e ele por conta do rei»!

 

Deixou Lamego em 1549 e recolheu-se num convento em Lisboa. Ofereceu tudo aos pobres e pediu que os grandes da corte não o visitassem!

 

Faleceu a 27 de Março de 1554. Não deixou grande obra física em Lamego. Também quando veio, já tinha alguma idade. Nem sequer estabeleceu a Inquisição, desobedecendo ao rei.

 

Mas deixou a obra mais bela de todas: o seu amor pelos pobres. Por causa deles até do seu meio de transporte se desfez!
publicado por Theosfera às 00:31

Hoje, 27 de Março, é dia de S. João do Egipto, S. Peregrino, S. Francisco Faá di Bruna e S. José Sebastião Pelczar.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro