O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 16 de Janeiro de 2014

Afinal, em que consiste o talento?

Responde Henry Thoreau: «O talento limita-se a indicar a profundidade do carácter numa certa direcção».

Sem carácter, para que serve o talento?

publicado por Theosfera às 10:23

Da sabedoria judaica: «Melhor um homem piedoso do que esperto».

É claro que muitos pensam o contrário.

Mas um homem pio é um homem liso, é um homem limpo.

Pode não ser muito reconhecido nem aplaudido. Mas será sempre alguém que merece o melhor capital: confiança!

publicado por Theosfera às 10:20

Interessante a recomendação de Sydney Smith: «A melhor maneira de responder a um mau argumento é deixá-lo continuar».

A esta luz, percebe-se o conselho de Napoleão: «Nunca interrompas o teu inimigo enquanto estiver a cometer um erro».

É claro que a ajuda deve ser dada a toda a gente. Há, porém, quem não a queira receber.

Aí, paciência!

publicado por Theosfera às 10:15

O fim é importante. E por isso os meios tornam-se interessantes.

George Braque assinalou: «Não é o fim que é interessante, mas os meios para lá chegar».

Quando se acredita num fim, faz-se tudo para lá chegar.

Um único limite: não pisar ninguém, nunca passar por cima de ninguém!

publicado por Theosfera às 10:07

Faz hoje vinte e um anos.

16 de Janeiro de 1993. Uma data que jamais esquecerei. Um dia que ficou marcado por um turbilhão de emoções. Um dia em que pude presenciar a dor de muitos e o amor solidário de tantos.

Na manhã fria deste dia, muitas pessoas foram desalojadas em Camarate. Algumas senhoras ficaram na rua com bebés e crianças nos braços.

Nesse dia, houve encontro de jovens na Paróquia de S. João de Brito.

A oração começou a motivar-nos para a missão. Sentíamos que tínhamos de fazer alguma coisa. E fez-se.

Os jovens puseram-se em campo. Fomos ao local. Trouxemos um autocarro cheio de desalojados. Ficaram nas instalações da paróquia durante várias semanas.

E foram eles, os jovens, que mobilizaram toda a comunidade (crentes e não crentes).

Durante dias, ali estiveram junto de desconhecidos que depressa passaram a ser tratados como irmãos.

Toda a gente colaborou com comida, com roupa, com carinho.

O sorriso humedecido em lágrimas foi o mais belo gesto de gratidão que registámos.

Sei que os jovens de S. João de Brito (hoje adultos) ficaram marcados para sempre.

Eu também fiquei marcado. Pela generosidade imensa que eles mostraram.

Houve quem faltasse ao emprego e às aulas para não faltar à solidariedade.

Assim se escreveu a palavra FÉ a letras de ouro no coração de muitos!

publicado por Theosfera às 06:59

Hoje, 16 de Janeiro, é dia de S. Berardo e seus Companheiros, S. Marcelo e S. José Vaz.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 05:59

mais sobre mim
pesquisar
 
Janeiro 2014
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro