O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2013

Ainda não começou o Advento e já se fala no Natal. E nem sequer é nas igrejas. É sobretudo nas lojas comerciais.

 

Apesar da crise, continuamos afogados no consumismo. Mas se já há sinais de Natal no exterior, faltam sinais de Natal no interior.

 

É no interior que Cristo renasce para nós e que nós renascemos para Ele.

 

Será Natal todos os dias quando, em cada dia, deixarmos que o amor de Jesus aconteça em nós. E, por nós, contagie a humanidade!

publicado por Theosfera às 11:29

As traições que mais doem não vêm pelos lábios; vêm pelos actos.

Chateaubriand tinha razão quando reconheceu que «os acontecimentos fazem mais traidores que as opiniões».

Mais e piores.

Temos de estar preparados para tudo. Mas alguma vez estaremos preparados para a traição?

publicado por Theosfera às 10:48

Luís XIV achava que «o trabalho só assusta as almas fracas».

Mas hoje o que assusta é a falta de trabalho.

A falta de trabalho assusta os fracos e não deixa de assustar os fortes!

publicado por Theosfera às 10:41

É preciso acreditar o que se deve para saber o que se pode.

Acreditar ajuda a saber. Saber ajuda a acreditar.

Nunca se consegue saber tudo. E jamais se deverá acreditar em tudo.

Jan Neruda entendia que «quem não sabe nada tem de acreditar em tudo».

Mas quem não acredita em nada chegará a saber alguma coisa?

publicado por Theosfera às 10:37

Muito se fala hoje do poder e muito se tende a esquecer o dever.

O poder é importante. Mas o dever é decisivo.

É pelo poder que mostramos o que queremos. Mas é pelo dever que revelamos o que somos.

A sentença de Confúcio mantém-se, pois, actual: «Aprende a viver como deves e morrerás bem»!

publicado por Theosfera às 10:29

Quanto às palavras, é preciso estar atento à etimologia, às denotações e também às conotações.

Não é curial dizer que uma senhora pariu. Desde há muito, «parir» é um verbo aplicado sobretudo ao parto de animais.

E, por favor, parem de referir que a GNR montou uma «caça ao homem». Nenhum ser humano, por muito desumana que seja a sua conduta, é um troféu de caça.

Haja um pouco de decoro.

A linguagem dos lábios é ecóica. Ela faz ecoar a linguagem da vida!

publicado por Theosfera às 07:06

Hoje, 18 de Novembro, é dia da Dedicação das Basílicas de S. Pedro e S. Paulo, Sta. Carolina Kózka, Sto. Odo de Cluny, S. Domingos Jorge, Sta. Isabel Fernandes, Sto. Inácio e Sta. Salomé de Cracóvia.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:00

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro