O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sexta-feira, 27 de Setembro de 2013

No «facebook» estamos, mostramos, escrevemos, criticamos, desabafamos, propomos. Será que pensamos?

Tal como sucede em tudo na vida, também o «facebook» se apodera de nós antes que nós nos apoderemos dele.

Sem darmos conta, ele controla-nos mais a nós do que nós o controlamos, a ele.

Milton Hatoum descreve o «facebook» como uma espécie de «telefone contemporâneo», que nos (ex)põe em contacto com milhares de pessoas em simultâneo.

Às vezes, é excelente. Outras vezes, achamos que é perigoso.

Bernardo Carvalho aponta um paradoxo, que se pode sintetizar assim: estamos no «facebook» exercendo a nossa liberdade, mas nem notamos que, neste mesmo espaço, corremos o risco de abdicar da nossa liberdade.

Todos sabem muita coisa acerca de todos: a verdade e, muitas vezes, a mentira.

Era bom que, no «facebook», não desaprendéssemos de reflectir, de questionar.

Calmamente. Mas também maduramente!

publicado por Theosfera às 14:55

Àquilo que desejamos chegamos tarde ou, por vezes, nunca.

Àquilo que tememos acabamos por chegar rapidamente.

O Padre António Vieira assim o notou: «A muitos lugares chegamos tarde e com difuculdade; ao último chegamos depressa e facilmente».

A vida é uma viagem a ritmo muito acelerado!

publicado por Theosfera às 10:16

A primeira função da sabedoria é mostrar os nossos limites.

A sabedoria é intrinsecamente humilde. Leva-nos até onde podemos chegar. E acompanha-nos quando mais não conseguimos atingir.

Mariano da Fonseca percebeu: «Como a luz numa masmorra faz visível todo o seu horror, assim a sabedoria manifesta ao homem todos os defeitos e imperfeições da sua natureza»!

publicado por Theosfera às 10:12

La Rochefoucauld achava que «as querelas não durariam muito se não houvesse um único ofendido».

Bom. Querelas não haveria se não houvesse, desde logo, um ofensor.

Se há ofensor, haverá ofendido(s). O que o ofendido não deverá é tornar-se, também ele, num ofensor.

A ofensa não merece ser alimentada.

É difícil resistir ao ímpeto. Mas a serenidade nos momentos de conflito faz toda a diferença!

publicado por Theosfera às 10:07

O sucesso dá trabalho. O trabalho dará sucesso?

Mesmo quando se trabalha, não é garantido que o sucesso venha.

Einstein tinha razão: «O único lugar onde sucesso vem antes do trabalho é no dicionário».

Um bom dia de trabalho. Um óptimo dia de sucessos!

publicado por Theosfera às 10:02

Quem inspira temor, no fundo, também teme.

Públio Siro assim pensava: «Quem é temido por muitos deve temer muitos».

O medo que se inspira é, muitas vezes, «filho» do medo que se tem.

Quem não teme não precisa de inspirar temor!

publicado por Theosfera às 09:58

Hoje é dia de S. Vicente de Paulo. Dedicou a sua vida a duas causas que se mantêm pertinentes: aos pobres e aos padres.

Não vou descrever a sua vida. Vou apenas recordar alguns pensamentos:

 

«O Filho de Deus quis ser pobre e ser representado pelos pobres».

 

«Os pobres são os vossos senhores; um dia serão os vossos juízes».

«Não percorreu muitas estradas; percorreu apenas uma: a do amor. E o amor é exclusivamente construtivo. Por isso, no seu programa, não se propõe polemizar, censurar, demolir. São caminhos já batidos e repetidos mil vezes, e sempre sem êxito».

Um apelo à calma, à serenidade: «Quem age com pressa atrasa-se sempre nas coisas de Deus».

publicado por Theosfera às 07:02

Agora que uma madrugada de vento se vai transmutando numa manhã que destila chuva, uma evocação de Miguel de Unamuno: «Quando Deus quiser chover na tua vida, deixa chover».

Que Deus faça «chover» paz, serenidade, harmonia no nosso país. Neste dia. Nesta vida.

Que todos se encontrem na procura do bem comum.

E que as salutares diferenças não sejam o passaporte para a animosidade. Mas que possam ser o caminho para uma amizade sempre maior!

publicado por Theosfera às 07:00

Hoje, 27 de Setembro (Dia Mundial do Turismo), é dia de S. Vicente de Paulo, Sto. Adulfo e S. João (mártires) e S. Dermot O´Hurghen e seus Companheiros Mártires.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 05:54

mais sobre mim
pesquisar
 
Setembro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro