O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

Quem mais fala não é, necessariamente, quem mais sabe.

Quem mais sabe é, muitas vezes, quem menos fala.

Quem muito sabe não nos fala de cima. Caminha ao nosso lado.

Não será muito estridente, mas mostra-se mais convincente.

A sua eloquência tem o nome de coerência.

O seu saber é-nos oferecido na mais preciosa moldura: na humildade.

Eis, em síntese, uma das mais poderosas lições que a vida me tem oferecido.

É por isso que importa, talvez, ouvir menos quem muito fala. E acompanhar mais quem muito sabe, embora pouco fale.

É que, falando com a vida, quem muito sabe só poderá ser escutado com os ouvidos da alma, com os auscultadores do coração.

publicado por Theosfera às 15:19

A programação nunca foi o nosso forte. O improviso sempre foi a nossa arma.

Muitas vezes, corre bem. Mas, outras vezes, acaba por correr mal.

A prevenção evitaria muitos incêndios. A prevenção pouparia dinheiro e, mais, pouparia vidas.

Só no Domingo ocorreram 362 incêndios em Portugal!

São dados que fazem reflectir e que nos deviam levar a inflectir.

Temo, porém, que nada de substancial aconteça.

É muito difícil alterar a natureza. E a endémica atracção pelo improviso está na nossa natureza. Corre nas nossas veias. E está alojada nas nossas (lusas) entranhas.

Somos assim. Alguma vez seremos diferentes?

publicado por Theosfera às 09:38

O trabalho já foi visto como tortura. Trabalho, afinal, vem do latim «tripalium», que designa instrumento de tortura.

Depois, foi-se impondo como factor de realização.

Agora começa a ser encarado com medo. Com duplo medo, aliás.

Muitos são os que têm medo de não encontrar trabalho. E tantos são os que têm medo de perder o trabalho que (ainda) têm.

Numa sociedade de atropelos e bloqueios, porque é que não deixam trabalhar quem quer trabalhar?

publicado por Theosfera às 09:29

O divino não é o que se sobrepõe ao humano. Tudo sabe a Deus nesta vida.

Ele está na superfície mais subtil. E encontra-Se na profundidade mais funda.

Como dizia Voltaire, «se Deus não existisse, seria preciso inventá-Lo».

Mas não é necessário. Foi Deus que nos inventou.

Nós somos o eco da Sua presença. Porque não havemos de ser, a cada instante, a imagem do Seu amor e a ressonância da Sua paz?

publicado por Theosfera às 09:24

Muitas são as vezes em que nos queixamos da vida.

Mas será que a vida, se falasse, também não teria motivos para se queixar de nós?

Artur Rubistein observa: «Quem ama a vida é amado por ela».

Pode levar tempo. Mas a vida não costuma desapontar os que não desistem.

E no chão da vida fermenta o eco da presença palpitante de Deus. A vida dos homens é um sopro do eterno abraço de Deus!

publicado por Theosfera às 09:17

«Se a juventude soubesse, se a velhice pudesse».

Henri Estienne condensou, nesta frase, o dilema da existência.

Há uma cisão entre o poder e o saber.

O poder parece que vem cedo. O saber parece que chega tarde.

Parece que quando se pode, não se sabe. E parece que quando (finalmente) se sabe, já não se pode.

O problema é que o poder presume que sabe.

Quando se chega a saber é que se dá conta de que, afinal, não se sabia. Mas, aí, dificilmente se pode.

A solução é aqueles que podem habituar-se a escutar aqueles que sabem!

publicado por Theosfera às 09:00

Hoje, 27 de Agosto, é dia de Sta. Mónica e S. Gabriel Maria.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:05

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro