O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Sábado, 24 de Agosto de 2013

Os nossos olhos estão voltados para a frente. Mas, de vez em quando, é bom que se voltem um pouco para trás.

O passado ajuda a perceber o presente e a fermentar o futuro. Até para transformarmos o curso da história, é mister conhecê-lo minimamente.

Nietzsche não tinha dúvidas: «É preciso voltar ao passado para nos libertarmos dele».

Sem passar pelo passado, dificilmente ultrapassamos o passado.

publicado por Theosfera às 12:27

Hoje, talvez mais do que nunca, somos mendigos da felicidade.

Hoje, talvez mais do que nunca, confessamos que somos infelizes.

Somos infelizes mesmo quando proclamamos que somos felizes.

Parece que a felicidade dura pouco. É por isso que multiplicamos os eventos de diversão.

Só que a felicidade parece terminar quando tais eventos chegam ao fim.

As pessoas estão eufóricas, mas, ao mesmo tempo, insatisfeitas.

Habituámo-nos a correr. Desabituámo-nos de ficar.

Pascal tinha uma explicação (no mínimo) curiosa. Para ele, «toda a infelicidade nasce de uma única coisa: não saber ficar em descanso, num quarto».

Não iria tão longe, como é óbvio. Mas que, hoje em dia, faz muita falta repousar é algo que ninguém ousará questionar.

Urge fazer descansar o corpo e, ainda mais, a alma.

Quanto mais se cuida do corpo, tanto mais se faz notar a fadiga da alma.

Faz falta parar. Ler. Olhar. Orar. Meditar. Estar. Ser!

publicado por Theosfera às 12:01

A verdade anseia pela revelação. Mas, muitas vezes, surge-nos entorpecida pela obscuridade.

A verdade é o que todos dizem mostrar. Mas a experiência mostra que, muitas vezes, a verdade é também o que muitos querem esconder.

Oscar Wilde assegurava que, «se alguém diz a verdade, é certo que, mais cedo ou mais tarde, será descoberta». Mesmo que, durante muito tempo, pareça amordaçada.

Mas há sempre um momento em que a verdade irrompe. Ainda que não a digam, ainda que a neguem, a verdade acaba por romper todas as amarras que tentam aprisioná-la!

publicado por Theosfera às 11:36

Cuidado com a «verdade oficial».

A «verdade oficial» é, naturalmente, parcial.

Acontece que, como ensinam os antigos, a verdade está na totalidade.

A «verdade oficial» é, habitualmente, o que prevalece. Mas, raramente, corresponde ao que acontece.

Eis o que a vida nos mostra. E a vida costuma ser teimosa, saudavelmente teimosa.

Aprendamos com ela. Não olhemos só para cima. Habituemo-nos a olhar também para os que estão em baixo.

A verdade também habita nos simples e nos pobres.

Não nos fiquemos pela «verdade oficial».

A «verdade oficial» (passe a redundância) dificilmente é verdadeira!

publicado por Theosfera às 10:29

Um convite à prudência de La Rochefoucauld: «Alguma desconfiança que tenhamos da sinceridade de quem nos fala, não impede que julguemos sempre que são mais sinceros connosco que com os outros».

Entrar no nosso interior já não é fácil.

Como não há-de ser difícil penetrar no interior dos outros?

publicado por Theosfera às 07:41

Sinceramente, fico na dúvida.

Muitas vezes, não sei se estamos na era da comunicação ou se nos encontramos (apenas) no tempo do ruído.

Muito se fala. Muito se grita. Será que muito se pensa?

Mark Twain observou, há já muitas décadas: «Como a abelha trabalha na escuridão, o pensamento trabalha no silêncio e a virtude no segredo».

A falta de silêncio e uma certa ausência de recato não são propriamente o melhor sintoma de saúde cívica.

Numa altura em que o exterior está praticamente conhecido, subsiste um lugar inexplorado, para muitos quase inacessível: o interior.

O interior de cada um não merecerá uma visita?

publicado por Theosfera às 07:36

De modo sibilino e com muita empáfia, Baudelaire assegurou: «Deus é o único ser que, para reinar, nem precisa existir».

Precisar não precisa, de facto. Mas Ele existe. Até quando d'Ele se diz que não existe.

E não há dúvida de que, como notou Lutero, quanto mais Se esconde mais Se revela.

Deus existe no Amor. E no Amor reina.

Como só Ele sabe. Como só Ele consegue!

publicado por Theosfera às 07:30

Hoje, 24 de Agosto, é dia de S. Bartolomeu e Mártires da Massa Cândida.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:01

mais sobre mim
pesquisar
 
Agosto 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro