O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 29 de Julho de 2013

O Evangelho não pode ser imposto. Mas também não pode deixar de ser proposto.

A quem? A todos.

Diz o Papa Francisco: «Não há fronteiras, não há limites. Jesus manda-nos a todas as pessoas. Por isso, há que não ter medo de ir e levar Jesus Cristo a todos os ambientes, até às periferias existenciais, incluindo quem parece mais distante, mais indiferente»!

publicado por Theosfera às 11:45

Os nossos tempos são de uma sofreguidão arfante. Nem no descanso parecemos repousar.

Todos competimos pela última novidade. Todos naufragamos num imenso oceano de insatisfação.

De facto, há muita coisa que prescreve. Mas será que todo o passado está esgotado?

Um pouco de sensatez poderia não resolver tudo. Mas talvez ajudasse a não complicar mais.

Se algo vai funcionando, porquê trocar o certo pelo incerto?

Pensemos na arte. Alguém considera «demodée» uma escultura de Miguel Ângelo ou uma composição de Bach?

Nem tudo o que é novo é melhor. Nem tudo o que é melhor é novo.

Há que valorizar o presente. Mas sem subestimar o passado.

Nem todo o passado passa!

publicado por Theosfera às 11:30

Estes são tempos de desencanto.

De desencanto com quase tudo. De desencanto com quase todos. Marcel Gauchet falava mesmo do «desencantamento do mundo».

A política tende a ser alçada ao topo do desencanto. Ernest Renan alvitrou a raiz última: «Para a política, o homem é um meio; para a moral, é um fim. A revolução do futuro será o triunfo da moral sobre a política».

Mas tudo isto leva tempo, tudo isto é demorado. Acontece que moral é o que demora.

Há quem diga que a palavra moral vem do latim «demoratio», o que demora, o que persiste, o que nunca desiste, o que sempre insiste!

publicado por Theosfera às 11:22

Gostamos da claridade, mas acabamos por aprender muito com a obscuridade.

Paul Valéry achava que, «se tudo fosse claro, tudo nos pareceria inútil».

Procurar uma luz no meio da escuridão pode ser complicado.

Mas quando se encontra a luz procurada é uma felicidade.

Tudo o que vale custa. Tudo o que custa vale!

publicado por Theosfera às 11:11

Na vida, há quem use bem o que é mal e há quem use mal o que é bem.

Já Alexandre Dumas se inquietava: «Porque é que o ser humano faz tão bem o que é mal e parece fazer tão mal o que é bem?».

Muitas vezes, o génio aparece ligado à maldade. Parece que «os filhos das trevas são mais espertos que os filhos da luz» (Lc 16, 18).

Mas a esperteza não consegue tudo. Acredito mais na bondade.

Concordo, pois, com Alexandre Puschkine: «Genialidade e maldade não combinam».

Como é que o mal pode ser genial?

publicado por Theosfera às 11:06

O que move as pessoas?

A necessidade, sem dúvida. Mas também a ambição.

Maquiavel entreviu uma alternância: «Os homens, quando não são forçados a lutar por necessidade, lutam por ambição».

O problema é que as ambições de alguns litigam com as necessidades de muitos.

Nunca nos esqueçamos de lutar não para sermos os melhores, mas para darmos o nosso melhor.

Por todos. E sempre!

publicado por Theosfera às 10:51

Hoje, 29 de Julho, é dia de Sta. Marta, S. Lázaro e Sto. Olavo.

Refira-se que Sta. Marta é invocada como padroeira dos estalajadeiros, hoteleiros, lavadeiras e cozinheiras.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 05:56

mais sobre mim
pesquisar
 
Julho 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro