O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 13 de Junho de 2013

Na imprensa não devia estar apenas quem na imprensa trabalha. Na imprensa deveria sentir-se o povo.

William Blake assinalou: «Quando a imprensa se não fala, o povo é que não fala. Não se cala a imprensa. Cala-se o povo».

No entanto e infelizmente, esta linearidade nem sempre se verifica. Há muitos constrangimentos.

A opinião publicada raramente é o eco da opinião pública.

A voz do povo nem sempre se reflecte na imprensa.

Como era importante que a voz da imprensa fosse o eco da voz (dorida e sufocada) do povo!

publicado por Theosfera às 10:16

Entre os contrários a distância é, por vezes, muito pequena.

É preciso estar atento. Porque, sem querermos, podemos passar, com espantosa facilidade, de um pólo para outro.

Recomendável, por isso, este conselho de Thomas Paine: «Muitas vezes, o sublime e o ridículo encontram-se tão estreitamente relacionados, que é difícil classificá-los separadamente. Um passo além do sublime e cai-se no ridículo; um passo além do ridículo e chega-se ao sublime».

É fácil passar do sublime ao ridículo. Mas também não é difícil passar do ridículo ao sublime!

publicado por Theosfera às 10:05

Não é só o fracasso que atrai a derrota. Às vezes, é o próprio êxito que traz o fracasso.

Atenção, pois, a esta advertência de Louis Bourdaloue: «Muitos se têm perdido pelo fulgor dos seus talentos, dos seus triunfos, dos seus milagres; nenhum se perdeu ainda pelos sentimentos de uma verdadeira e sólida humildade».

A humildade é a rainha das virtudes.

Ela dá-nos a consciência da nossa carência estrutural. E, nessa medida, possibilita-nos a abertura ao que nos pode ajudar a crescer!

publicado por Theosfera às 10:00

Coisa bela é a amizade. Como alimentá-la? E como fortalecê-la?

Marie Sévigné achava que «a amizade torna-se mais forte quando os interesses são comuns».

Não sei.

O problema não estará nos interesses não serem comuns. O problema começará a estar, desde logo, nos interesses.

Quando a amizade se funda em interesses será amizade?

Poderá ser «amiguismo». E este logo cai quando os interesses cessam ou conflituam...

publicado por Theosfera às 09:30

Hoje, 13 de Junho, é dia de Sto. António e S. Fândila. Refira-se que Sto. António, que nasceu Fernando, é conhecido como sendo de Lisboa (onde viu a luz do dia) e de Pádua (onde viria a consumar a sua itinerância terrena).

Começou por ser Cónego Regrante de Sto. Agostinho vindo a aderir à Ordem Franciscana. Notabilizou-se como pregador e taumaturgo.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 00:52

Hoje é dia de Sto. António. Homem de palavra intrépida e de uma conduta impoluta, posiciona-se como astro maior do firmamento da pregação com substância e sentido.

 

«Cessem as palavras e falem as obras. De palavras estamos cheios, de obras vazios».

 

Olhemos para a conduta deste Homem.

 

Deixemo-nos interpelar pela palavra da sua vida. Que foi tão eloquente como a palavra dos seus lábios.

publicado por Theosfera às 00:49

mais sobre mim
pesquisar
 
Junho 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro