O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 11 de Abril de 2013

Muita gente admira o Papa. Mas alguma gente se inquieta também com o Papa.

Já houve quem notasse que, neste primeiro mês de missão, quase não falou do Concílio Vaticano II nem da Nova Evangelização.

Mas, se estivermos atentos, este Papa procura ir a montante de tudo. Ele fala de tudo. Fala com os lábios. Fala com os gestos.

E tudo neste Papa constitui uma ressonância do primordial, do Evangelho.

Foi esse, aliás, o caminho de S. Francisco de Assis, em quem se inspira o Papa Francisco.

Neste sentido, se alguém quiser entender o que tem dito e o que tem feito o Papa (bem como o pode vir a dizer e a fazer), poderá ler a vida de S. Francisco.

Francisco é a melhor interpretação de Francisco!

publicado por Theosfera às 10:57

O todo não está só na totalidade. Está também em cada uma das partes.

O todo está totalmente no todo e parcialmente em cada parte.

É por isso que em cada coisa temos sempre um vislumbre da totalidade.

Hugo von Hofmannsthal assinalou: «Não se pode pretender que alguém conheça tudo, mas sim que, conhecendo alguma coisa, tenha conhecimento de tudo»!

publicado por Theosfera às 10:36

Kafka nunca foi fácil. Às vezes, até se torna supremamente difícil, quase imperscrutável.

Daí o qualificativo para quanto parece labiríntico: «kafkiano».

Mas, não sendo fácil, Kafka não deixa de ser pertinente. Pelo menos, instiga à meditação.

Segundo Franz Kafka, «existe uma meta, mas não há caminho; o que chamamos caminho não passa de hesitação».

Não subscrevo por inteiro. Mas, de facto, temos de ver se aquilo que denominamos caminho não passará de indefinição.

É importante saber por onde andamos. Mas é decisivo perceber, desde logo, para onde vamos!

publicado por Theosfera às 10:29

Não é só a velocidade das máquinas que tem de ser dominada. Os ímpetos das pessoas também devem ser amortecidos.

É claro que este controlo não pode ser excessivo, sob pena de conduzir à paralisia. Mas, se repararmos, muitos dos problemas que nos atormentam decorrem do repentismo, da imoderação nas palavras e do destempero nos gestos.

Bom será, por isso, seguir o conselho (muito antigo) de Lao-Tsé: «Na condução das questões humanas não existe lei melhor do que o autocontrolo».

Dominar os outros é próprio de autoritários. Dominar-se a si mesmo é apanágio dos sábios.

Quem é exigente consigo acaba por ser indulgente para com os outros.

Não passará por aqui o segredo da paz?

publicado por Theosfera às 10:23

Porque é que Jacques Rigaut terá dito que «o tédio é a verdade em estado puro»?

Será que a verdade não gosta de extravagâncias?

Ou não será que a sua procura reclama muita persistência, muitas insistência, muita paciência, ou seja, tudo aquilo que se costuma associar ao tédio?

publicado por Theosfera às 10:16

A dois dias de se completarem os primeiros trinta dias do novo Papa, já se fazem análises à guisa de balanço.
O pontificado ainda está a começar e não falta quem dele fale como se já tivesse terminado.
Uns garantem que ele vai mudar tudo. Outros asseguram que ele não vai mudar nada.
Há quem, em vez de interpretar, se aproprie das palavras e dos gestos do Papa. Até parece que pastores são todos menos o Papa.
No fundo, há muitos projectos para a Igreja, o que pode ser saudável. Mas o mais importante é acolher o projecto da Igreja.
O carisma do sucessor de Pedro é, acima de tudo, confirmar os cristãos na fé (cf. Lc 22, 32).
É caso para dizer: demos tempo ao tempo e demos tempo ao Papa.
Muitos arquétipos vão ser desmontados. Muitos preconceitos vão ruir. E muitas surpresas vão seguramente acontecer!
publicado por Theosfera às 10:03

Faz, hoje, 50 anos que foi publicado este documento notável.

Faz, dia 3 de Junho, 50 anos que faleceu o seu autor.

Por que não assinalar estas duas efemérides?

Reler a «Pacem in terris» é sempre necessário. Trilhar os passos de João XXIII nunca é excessivo.

Acresce que este documento e este Papa nos ajudam a perceber um pouco melhor os tempos que estamos a viver e a manhã que se sente despertar.

Há muito de João XXIII no Papa Francisco!

publicado por Theosfera às 10:01

Hoje, 11 de Abril, é dia de Nossa Senhora dos Prazeres, Sto. Estanislau, Sto. Isaac e Sta. Helena Guerra.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:04

mais sobre mim
pesquisar
 
Abril 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro