O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quarta-feira, 13 de Março de 2013

Do novo Papa li, em tempos, que não vivia num palácio, optando por residir num apartamento.

Também era conhecido por andar de transportes públicos.

Pelos sinais, parece ser um homem de pontes: vem da periferia para o centro. É um jesuíta (o primeiro Papa jesuíta da história) de inspiração franciscana.

Dois santos devem estar felizes no Céu: S. Francisco e Sto. Inácio. Todos temos motivos para andarmos felizes na terra!

publicado por Theosfera às 20:09

publicado por Theosfera às 19:53

Não sabemos o nome.

Mas já sabemos que há Papa.

Deus seja louvado!

publicado por Theosfera às 18:41

Existem as leis, existem as normas, existem os princípios e, a despeito de tudo isso, existe a realidade.

O problema é que nem sempre se verifica o encontro devido e a sintonia esperada. De facto, o mais das vezes avulta um desencontro acentuado e uma dessintonia marcante entre as leis e a vida, entre as normas e as pessoas, entre os princípios e a realidade.

Como proceder? Diluir os valores, dissolvendo-os na realidade? Ou adequar a realidade, adaptando-a aos valores?

Em tempo de pensamento débil, é sabido que a tendência é para a banalidade. É para pensar como se vive e não tanto para viver como se pensa.

É claro que, além das leis, temos de contar com a sensatez. Mas baixar a fasquia da exigência não será o melhor serviço que se presta.

Ou será que queremos ser meros gestores da decadência?

publicado por Theosfera às 10:30

Para Fernando Pessoa, «querer não é poder. Quem pôde, quis antes de poder só depois de poder. Quem quer nunca há-de poder; porque se perde em querer».

O excesso de desejo pode bloquear a sua concretização? «Modus in rebus». Tudo na medida certa!

publicado por Theosfera às 10:15

A comunicação é para os outros, mas ela acaba por dizer mais sobre nós.

Pensamos que é comunicando que nos entendemos. Mas acabamos, não raramente, por concluir que é a comunicar que nos desentendemos.

Será que Marcel Proust tinha razão quando escreveu que «as pessoas dizem sempre aquilo que precisam de dizer, o que não será entendido pelos outros; falar é uma coisa destinada a si mesmo»?

Comunicar é uma construção sempre interminada!

publicado por Theosfera às 10:12

À força de tanta insistência, «o supérfluo, com o tempo, torna-se numa coisa muito necessária».

O aviso de George Buffon é pertinente. Quando damos demasiado tempo ao supérfluo, começamos achar que o supérfluo é o prioritário.

Eis, de facto, o perigo: quando o supérfluo é tido como essencial, o essencial acaba por ser tido como supérfluo!

publicado por Theosfera às 10:06

Há quem diga que o trabalho cura. Mas o pensamento também é uma óptima terapia.

Eugène Delactroix sustentou: «O segredo para não ter tédio, pelo menos para mim, é ter ideias»!

publicado por Theosfera às 09:59

Uma vez mais, todos os caminhos vão dar a Roma.

Os olhos da humanidade estão voltados para uma chaminé.

Saberemos que há Papa por sinais de fumo.

Mas o que avulta, nas imagens que estão a passar, é a oração de muitos peregrinos!

publicado por Theosfera às 09:56

Hoje, 13 de Março, é dia de S. Rodrigo, S. Salomão, Sta. Eufrásia e S. Nicéforo.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:05

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9






Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro