O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Segunda-feira, 04 de Fevereiro de 2013

O que é o erro?

Se a verdade é revelação, o erro acabará por ser ocultamento.

Será, muitas vezes, um ocultamento involuntário, resultado de uma aproximação enviesada à realidade.

Mesmo assim, o erro tem a sua validade. Funciona como uma espécie de despertador.

Mas, nesse caso, o erro só nos ajuda quando damos conta dele, isto é, quando nos apercebemos de que errámos.

Nessa altura, damos conta de que estivemos equivocados.

Daí Chesterton ter dito que o erro é uma verdade enlouquecida.

Não diria tanto. O problema é a fronteira é muito ténue.

Há coisas que parecem tão verdadeiras que nos custa admitir que estão erradas.

É por isso que não devemos ficar pelo aparato, pela insinuação. A verdade gosta das profundezas.

O que salta à superfície nem sempre corresponde ao que está lá em baixo!

publicado por Theosfera às 09:40

Dizem que o comércio é guiado por uma lei: pela lei da oferta e da procura.

Quando a procura é grande, a oferta torna-se cara. E, nesse caso, será como assinalou Jules Goncourt: «O comércio é a arte de abusar do desejo ou da necessidade que alguém tem de alguma coisa».

Quem tem necessidades e não tem meios para as satisfazer fica na mãos de quem tem meios e, por vezes, não sente as necessidades dos outros.

Mais justiça e menos calculismo!

publicado por Theosfera às 09:32

Muitas vezes, de facto, é como disse Jean de la Bruyère: «Para o homem, apenas há três acontecimentos: nascer, viver e morrer. Ele não sente o nascer, sofre ao morrer e esquece-se de viver».

Quem se esquece de viver arrisca-se a nunca se lembrar de ter vivido!

publicado por Theosfera às 09:27

A multidão tem gente. Tem emoção. Tem voz. Tem gritos. Pode ter causas.

Mas terá razão?

Roscommon era taxativo: «A multidão nunca tem razão».

Não diria «nunca». Diria porventura «muitas vezes».

De facto, muitas são as vezes em que a multidão perde a razão que os seus membros tinham.

Daí a percepção. O problema não é tanto a multidão não ter razão. O problema estará sobretudo no facto de a multidão perder a razão.

Frequentemente! Tristemente!

publicado por Theosfera às 09:19

Hoje, 04 de Fevereiro, é dia de S. João de Brito, S. José de Leonissa, Sta. Maria de Matias e Sta. Catarina de Ricci.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 07:07

mais sobre mim
pesquisar
 
Fevereiro 2013
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro