O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Domingo, 30 de Dezembro de 2012

Impasse emocional é o que muitos estão a sentir nesta altura.

Quase todos estão com desejos de sair de 2012. Mas quase ninguém tem vontade de entrar em 2013.

O ano novo parece mais sombrio que o ano velho.

Creio, porém, não ser impossível acender um facho de luz nas escuras avenidas do medo.

Entremos em 2013 pela porta da esperança!

publicado por Theosfera às 07:07

A experiência pode ser teorizada. Mas, como disse Albert Camus, «não se pode criar experiência. É preciso passar por ela».

Só passando pela experiência é possível falar da experiência.

A experiência é, antes de mais e acima de tudo, vivência!

publicado por Theosfera às 06:26

O drama do escritor é que as palavras andam mais devagar que o pensamento.

Julien Green bem o percebeu: «O pensamento voa e as palavras vão a pé: eis o drama do escritor».

Mas eis também o seu encanto: as palavras, com a sua lentidão, podem mastigar o pensamento antes de o (tentar) exprimir!

publicado por Theosfera às 06:25

Do tempo sabemos mais quando o sentimos do que quando o tentamos dizer.

O que é o tempo? O que é o presente?

Quando falamos do presente, acabamos por falar do passado onde o presente já assentou.

Ambrose Bierce anotou que o presente é «a parte da eternidade que assinala a divisão entre o domínio da frustração e o reino da esperança»!

publicado por Theosfera às 06:24

A coisa mais fácil do mundo é ser enganado.

Eis um aviso, ungido com extremos de pertinência, de Madre Teresa de Calcutá.

Somos enganados quando não tomamos as devidas cautelas. Mas não deixamos de ser enganados quando tomamos os necessários cuidados.

É que há enganos que vêm adornados com ornamentos de verdade.

Já na antiguidade, Platão avisava : «Tudo aquilo que engana parece libertar um encanto».

Precisamos de encanto. Mas nem tudo o que encanta ajuda. O discernimento é fundamental!

publicado por Theosfera às 06:23

O futebol é apenas um jogo, um passatempo. Não vale a pena exagerar na importância do desporto. Mas muito se pode aprender com o futebol.

Veja-se o que se está a passar com o Sporting. Há muitos paralelismos com a situação do país.

De jogo para jogo, dizem que o clube vai melhorar. Mas o que se verifica é que, de jogo para jogo, só consegue piorar. Hoje perde, por 0-3, com o...Rio Ave. Também dizem que, de ano para ano, o país vai melhorar. Mas, até agora, só tem piorado.

O mais estranho é que se fica com a sensação de que o Sporting tem capacidade para fazer muito mais. Do mesmo modo, subsiste a impressão de que o país é capaz de muito melhor. O problema é que o Sporting fica à espera do que vai acontecer. O país também já está á espera do que vai ocorrer.

Em ambos os casos, falta iniciativa. Perdeu-se liderança. O país limita-se a cumprir ordens que os outros dão. O Sporting limita-se a ver os jogos e os golos que os outros apontam.

Tem valido ao Sporting o guarda-redes, ao impedir que o desnorte seja maior. Tem valido ao país a resistência do povo, ao não deixar que o desastre seja total.

Será possível escapar ao abismo? Às vezes, é preciso estar perto do fundo para começar a subir. Só não sabemos se o fundo ainda conseguirá ser mais fundo!
publicado por Theosfera às 06:22

Chamava-se Isaura Sequeira.

Sentiu-se mal logo pela manhã. Foi imediatamente atendida. Mas não resistiu. Tinha 74 anos.

Era minha Avó, minha querida Avó. A única que conheci.

Eu sei que ela gostava muito de mim. Ela sabia que eu gostava muito dela.

Morreu neste dia. Há 38 anos!
publicado por Theosfera às 06:20

Alguém disse, há mais de um século, que «os médicos enterram os seus erros, os juízes enforcam-nos e os jornalistas lêem-nos na primeira página no dia seguinte».

No fundo, os nossos erros acompanham-nos sempre.

Há que ser humilde e cauteloso. Humilde para perceber que, a todo o momento, podemos errar. E cauteloso para, na medida do possível, evitar o erro ou, então, corrigi-lo!

publicado por Theosfera às 06:18

O passado é importante como raiz. Mas é um perigo se for visto como um freio.

Edmund Burke sentenciou que «nunca se pode planear o futuro com o passado». Sobretudo se o passado servir para bloquear o futuro.

O futuro não é só o que vem depois do passado. É também (e sobretudo) o que transforma o passado!

publicado por Theosfera às 06:17

Hoje, 30 de Dezembro (sexto dia da Oitava do Natal), é dia da Sagrada Família de Jesus, Maria e José, Sto. Anísio, Sta. Margarida Colona e S. Sabino.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 06:05

mais sobre mim
pesquisar
 
Dezembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9


27
28



Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro