O acontecimento de Deus nos acontecimentos dos homens. A atmosfera é sempre alimentada por uma surpreendente Theosfera.

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2012

A lei é necessária, mas a legalidade não é tudo.

É bom não esquecer, como lembrou Luther King, que «tudo o que Hitler fez na Alemanha foi legal».

Arrepia mas é verdade.

A vigilância pacífica dos cidadãos tem de evitar que as maiores monstruosidades se cometam em seu nome.

Porque, depois de começar, é difícil parar.

E há sempre vidas que vão sendo degoladas. A coberto da lei!

publicado por Theosfera às 10:42

No repentismo veloz que nos envolve, acabamos por estar sempre em cena.

Há pouco tempo (e menor vontade) para reflectir, para amadurecer, para programar.

O que sai da violência? Ela é um mal na expectativa de que resulte algum bem: a mudança de política, de regime.

Só que, como avisava Gandhi, «a violência parece fazer bem, mas o bem só é temporário; já o mal que faz é permanente».

A violência que late está a afastar, ainda mais, as pessoas, que já não estavam muito próximas.

E sem laços não venceremos.

Queiramos ou não, venceremos juntos. Ou cairemos em conjunto!

publicado por Theosfera às 10:19

No tempo da exposição pública, já nem nos apercebemos que ser muito visto traz popularidade, mas também acarreta alguma (quiçá, muita) dose de banalidade.

Quem é muito visto é permanentemente avaliado e constantemente julgado.

A arte do poder estará em tudo ver sem ser visto.

Nesta altura, é quase impossível. Excepto, talvez, na China.

Segundo um intelectual chinês, «o poder está em todo o lado. Só que não o conseguimos ver».

E o mistério cria dependência!

publicado por Theosfera às 10:12

O que está primeiro: o pensar ou o escrever?

Aragon não hesita: «Pensa-se a partir do que se escreve e não o contrário».

Pela minha parte, não seria tão apodíctico.

O normal seria primeiro pensar e depois escrever.

Pensar ajuda a escrever. Mas escrever também ajuda a pensar.

Os retratos escritos da realidade ajudam a perceber melhor a mesma realidade.

É por isso que o pensamento deve seguir a realidade, mas não faria mal se a realidade também seguisse o pensamento.

Creio que, na hora que passa, estamos um pouco surdos em relação a quem pensa. E quem perde somos nós.

Abramos as janelas do mundo ao pensamento!

publicado por Theosfera às 10:04

A adversidade é o grande perigo e o maior escrutínio.

É nas horas difíceis que se apura o carácter e se mede a dignidade.

Schiller assim o disse: «Prova-se a virtude de um homem apenas na hora do perigo».

Nem sempre se passa este teste com distinção.

É fundamental que ele seja vivido com coragem, franqueza e autenticidade!

publicado por Theosfera às 09:56

Não sei se será assim, mas acho que Jerome viu bem quando disse que «Ambição é apenas vaidade enobrecida».

Realçaria a nobreza, que, pelo menos, amortecerá o insuportável fluxo da vaidade!

publicado por Theosfera às 09:52

Hoje, 15 de Novembro, é dia de Sto. Alberto Magno, Sta. Madalena Morano e Sta. Maria da Paixão.

Um santo e abençoado dia para todos!

publicado por Theosfera às 05:55

mais sobre mim
pesquisar
 
Novembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9



26


Últ. comentários
Sublimes palavras Dr. João Teixeira. Maravilhosa h...
E como iremos sentir a sua falta... Alguém tão bom...
Profundo e belo!
Simplesmente sublime!
Só o bem faz bem! Concordo.
Sem o que fomos não somos nem seremos.
Nunca nos renovaremos interiormente,sem aperfeiçoa...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
Sem corrigirmos o que esteve menos bem naquilo que...
online
Number of online users in last 3 minutes
vacation rentals
citação do dia
citações variáveis
visitantes
hora
Relogio com Javascript
relógio
pela vida


petição

blogs SAPO


Universidade de Aveiro